Marco Simoncelli vai partir da pole position para o Dutch TT depois de ter batido Ben Spies e Casey Stoner

Segunda Pole para Simoncelli

Marco Simoncelli vai partir da pole position para o Dutch TT depois de ter batido Ben Spies e Casey Stoner

Marco Simoncelli vai partir da pole position para o Dutch TT depois de ter batido Ben Spies e Casey Stoner

Marco Simoncelli(San Carlo Honda Gresini Team) mostrou a determinação de assinar a primeira vitória na categoria rainha depois de ter garantido a segunda pole da época de 2011 do MotoGP. A volta canhão do italiano, em 1m34,718s, deixou-o com apenas 0,009s de margem sobre Ben Spies, da Yamaha Factory Racing. Spies aumentou o ritmo para fim-de-semana, liderando a tabela de tempos a meio da qualificação e foi mesmo o primeiro a entrar no segundo 34. Já Stoner ficou aquém desta marca ao rodar em 1m35,008s com a sua Repsol Honda, mesmo assim o bastante para fechar a primeira linha da grelha para o Iveco TT Assen.

Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing) voltou a garantir o quarto tempo do dia, com 1m35,143s, seguido de Andrea Dovizioso, que se quedou a 0,101s do espanhol. Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3 Team, apresentou excelente prestação para terminar com a sexta posição da grelha a 0,085s de Dovi, isto apesar de estar ainda a recuperar da fractura à clavícula contraída há duas semanas em Silverstone.

Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) esteve forte nesta qualificação. O checo chegou a estar em terceiro já na segunda metade da sessão e acabou por colocar a Ducati em sétimo com 1m35,742s, sendo o melhor representante da marca italiana. Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3 Team) foi o nome que se seguiu, com mais 0,076s, enquanto Nicky Hayden (Ducati Team) e Randy de Puniet (Pramac Racing) fecharam a lista dos dez primeiros.

Valentino Rossi fez várias visitas às boxes com o objectivo de encontrar boa afinação no seco para a Ducati GP11.1, mas não logrou grandes melhorias e vai ter de partir da 11ª posição. O substituto de Dani Pedrosa na Repsol Honda, Hiroshi Aoyama, partirá de 12º.

Final desapontante tiveram Loris Capirossi (Pramac Racing) e Toni Elias (LCR Honda), ambos a caírem no final da qualificação.