Foto: Ratinho, piloto da MX2 do Team Honda

Team Honda encara etapa decisiva no Campeonato Brasileiro de Motocross

Foto: Ratinho, piloto da MX2 do Team Honda

Foto: Ratinho, piloto da MX2 do Team Honda

Pilotos entram na pista neste final de semana em Sorriso (MT) pela quinta etapa da competição; Cézar Zamboni, da 85cc, corre em casa

O Team Honda faz uma disputa decisiva no Campeonato Brasileiro de Motocross neste final de semana. Na liderança das categorias MX1, MX2, MXJr e 85cc, a equipe pretende fazer da quinta etapa da competição o palco da arrancada em direção ao título. Sorriso (MT) será a sede das disputas. A etapa marca ainda o retorno de Cezar Zamboni, piloto da 85cc que ficou de fora da última corrida por conta de uma contusão. O mato-grossense volta a acelerar em casa e pretende coroar o retorno com a vitória. As provas serão realizadas no Motódromo Vale do Teles Pires. Os treinos acontecem no sábado. No domingo, a primeira largada será dada às 11h. Os ingressos custam R$ 15,00 e podem ser comprados no local.

A equipe Honda ocupa a ponta do campeonato com Marcello –Ratinho–, na frente da categoria MX2. Leandro Silva recuperou a liderança da categoria MX1 na última etapa. Thales Vilardi lidera a MXJr e Rodrigo –Lama– é o ponteiro da 85cc.

A disputa da categoria MX1 é uma das mais equilibradas. Leandro Silva retornou à ponta na última etapa e, desta vez, pretende garantir o primeiro lugar no pódio par a respirar mais aliviado. O paranaense vem de uma disputa equilibrada com o segundo colocado, João Paulino –Marronzinho–. Uma vitória na etapa de Sorriso pode garantir mais tranqüilidade na busca pelo título. Ainda no páreo da MX1 está outro piloto do Team Honda, Wellington Garcia, atualmente em terceiro lugar. O goiano está otimista e será um forte adversário. — A vitória que garanti no Arena Cross no último final de semana me deu mais confiança. Acredito que o calor pode nos cansar um pouco, mas eu estou bem acostumado, pois Goiânia também é bastante quente.–

O fato da quinta e sexta etapas serem realizadas em dois finais de semana seguidos não irá atrapalhar, de acordo com Wellington. Depois de Sorriso, os pilotos seguem para Sonora (MS) nos dias 21 e 22. –Eu já vou ficar por aqui estes dias e aproveitar para me dedicar totalmente aos treinamentos–, contou.

Marcello -Ratinho- é líder absoluto na categoria MX2. A seu lado, Jean Ramos, em sexto e Dudu Lima, em oitavo completam o Team Honda nesta bateria. Na MXJr, Thales Vilardi está oito pontos à frente do segundo colocado. Segundo ele, essa vantagem ainda não é suficiente para garantir tranqüilidade. –Eu ganhei duas das quatro etapas anteriores. Espero vencer mais esta para somar pontos importantes. Estou trabalhando para isso. Sei que vai ser uma prova bem difícil, principalmente por conta do calor. Isso deve pesar um pouco–, resumiu o paulista.

Zamboni corre em casa – Na categoria 85cc, os três pilotos da equipe Honda, Rodrigo -Lama-, Everaldo Filho e Cezar Zamboni ocupam os primeiros lugares. Lama está na ponta, mas precisa tomar bastante cuidado com o retorno do companheiro de equipe que ocupava a liderança até a terceira etapa, quando teve de de ixar a disputa por conta da fratura adquirida nos dois braços durante os treinamentos. Totalmente recuperado, Zamboni está pronto para voltar a brigar pela liderança, com cautela. –Estou muito feliz em voltar. Não via a hora. Os meus braços estão ótimos. Só estou um pouco despreparado fisicamente. Por conta da lesão, não pude investir muito no condicionamento–, revelou.

O piloto é natural de Juína, cidade mato-grossense próxima a Sorriso. Ele garante que correr em casa é bom, no entanto, pode deixá-lo mais nervoso. –A pista de Sorriso possui muitos saltos e, por isso, preciso tomar mais cuidado para não forçar o braço. Vou correr bem tranqüilo e fazer de tudo para vencer.–

Classificação do Campeonato Brasileiro de Motocross após quatro etapas:

MX1- 1 – Leandro Silva – Honda CRF 450 R – 90 Pontos
2 – João Paulino da Silva Júnior “Marronzinho” – 85 Pontos
3 – Wellington Garcia – Honda CRF 450 R – 67 Pontos
4 – Roosevelt Assunção – 45 Pontos
5 – Thales Vilardi – Honda CRF 450 R – 32 Pontos
7 – Jean Ramos – Honda CRF 450 R – 30 Pontos

MX2 – 1 – Marcello -Ratinho – Honda CRF 250 R – 87 Pontos
2 – Rodrigo Selhorst – 78 Pontos
3 – Swian Zanoni – 61 Pontos
4 – Douglas Parise – 50 Pontos
5 – Davis Guimarães – 42 Pontos
6 – Jean Ramos – Honda CRF 250 R – 39 Pontos
8 – Dudu Lima – Honda CRF 250 R – 31 Pontos

MXJr – 1 – Thales Vilardi – Honda CRF 250 R – 85 Pontos
2 – Anderson Cidade – 77 Pontos
4 – Hector Assunçao – Honda CRF 250 R – 64 Pontos
3 – Gustavo Amaral – 62 Pontos
5 – Gabriel Gentil – 38 Pontos
10 – Gustavo Takahashi – Honda CRF 250 R – 24 Pontos

85cc – 1 – Rodrigo -Lama- – Honda CRF 150 RB – 79 Pontos
2 – Everaldo Filho – Honda CRF 150 RB – 73 Pontos
3 – Cezar Zamboni – Honda CRF 150 RB – 67 Pontos
4 – Endrews Armstrong – 53 Pontos
5 – Eduardo Rudnick – 42 Pontos