Foto: Yutaka Kume, presidente da Yamaha,

Yamaha eleita Moto de Ouro com três modelos

Foto: Yutaka Kume, presidente da Yamaha,

Foto: Yutaka Kume, presidente da Yamaha,

Yamaha eleita Moto de Ouro com três modelos, entre elas a avant-première da XTZ 250X.

No concurso Moto de Ouro 2009 foram eleitas as Yamaha XT 660R, YZF-R1 e XTZ n250X. Os modelos são reconhecidos como as melhores motocicletas em suas categorias no Brasil e no mundo.

Dia 24, terça-feira, a Revista Motociclismo Magazine da Motorpress Brasil Editora realizou pelo décimo ano o concurso Moto de Ouro. O prêmio faz parte do MOTORCYCLE OF THE YEAR, o maior prêmio de motocicletas do mundo, do Grupo Motorpress de 12 países — Alemanha, França, Itália, Espanha, Holanda, Suíça, Portugal, Croácia, República Checa, Hungria, Polônia e Romênia.

Nesta edição 2009 as Yamaha conquistaram três dos oito prêmios. As motocicletas foram indicadas pelos leitores da Motociclismo Magazine e escolhidas entre todos os modelos nacionais e importados, comercializados no Brasil. A premiação somente é possível graças ao voto direto dos leitores da publicação.

Todos os modelos Yamaha premiados, representam algumas das motocicletas de maior performance, carisma e comprovada tradição do know-how Yamaha; quer seja na tecnologia ou no designer, são elas: Yamaha YZF-R1 e XT 660R e XTZ 250X, modelos já conhecidos e consagrados do público brasileiro.

Yamaha eleita Moto de Ouro com três modelosDesde 1998, quando foi instituído o prêmio A Melhor Moto do Brasil, hoje Moto de Ouro, a Yamaha foi à única marca a conquistar sete títulos de A Melhor Moto Maxitrail do Brasil com o modelo Yamaha XT660 R – anteriormente XT 600E, já a vencedora de todos os concursos da mídia especializada no País, a YZF-R1 foi eleita também pela sétima vez a Melhor Esportiva.

As Yamaha vencedoras da décima edição do concurso Moto de Ouro 2009, podem ser adquiridas na Rede de Concessionárias Autorizadas Yamaha mais próxima, em mais de 502 lojas, com um ano de garantia original de fábrica sem limite de quilometragem.