ajustada-charge_conversa-de-motoboy

Só um motoboy entende outro motoboy

Reportagem de Cicero Lima, especial para o Motonline

— “É muito moiado se os cana enquadra?”. “Me deu um pé pé”. “Tem desenrolo?”. “Papo reto”. “Cada cachorro que lamba sua pata”…  A vida de motoboy é feita de desafios e quase nada de rotina, em sua maioria eles são jovens e muitos estão em seu primeiro emprego. Associado à pouca idade, eles andam de moto o dia inteiro o que é, para muitos, algo muito agradável e que traz adrenalina. Talvez por isso eles são tão bem humorados e costumam brincar e interagir tanto entre eles.

charge_conversa-de-motoboy

Só um motoboy entende outro motoboy

Uma passada de olhos nas principais páginas de motoboys no Facebook – das comunidades do Rio de Janeiro ou de São Paulo, mostra o quanto eles são criativos no falar, agir e filmar. Criativos a ponto de desenvolver uma linguagem própria, que pessoas fora do seu meio não entendem. Essa linguagem, além de falada, também se manifesta na forma de escrever.

Motoboy no Rio de Janeiro

Os motoboys do Rio de Janeiro se mostram mais divertidos. A proximidade do mar e o bom humor, típico do carioca, talvez os contagiem no cotidiano das entregas. Veja algumas gírias típicas de qualquer motoboy carioca e a forma singular que eles escrevem:

  • Me deu um pé pé – empurrou a minha moto, que estava quebrada – ou sem gasolina – usando o pé
  • Isso é KO – isso é golpe, conversa fiada
  • Se vira na pista – dê um jeito de resolver
  • Papo reto – falar diretamente sem rodeios, dizer a verdade
  • Na moral – na confiança, na parceria
  • Fiado de boca – acordo de venda somente apalavrado
  • Cada cachorro que lamba sua pata – cada um resolva seus problemas
  • Uma cossa de pau – bater com um porrete ou madeira
  • Robozão – nova Honda XRE 300
  • Akele momento q vc respeita – quando acontece algo inédito, raro ou importante e todos prestam atenção ou admiram
  • Quando acho q consegui o vendedor pipoca – estava prestes a fechar o negócio, o vendedor desistiu
  • Muito obrigado mano, adiantou muito minha correria hoje – obrigado amigo, ajudou a cumprir minhas tarefas do dia
  • Mano o macete é esse empurrar a moto, se ficar parado ninguém ajuda geral pensa q é treta tá ligado – amigo, a solução é empurrar a moto na rua, se ficar parado os companheiros (motoboys) pensam que é tentativa de roubo, entendeu?
  • Vai nas placas e chama no limpa contato – verifique os contatos elétricos e aplique o produto chamado Limpa Contato
  • É ossada – é muito pouco, quase nada, não vale a pena
  • Desenrolo – resolver um problema, regularizar uma situação, se livrar de uma situação complicada. Termo também é usado quando se refere a propina
  • To com contato do maluco ele quer desenrolar – encontrei o vendedor (ou comprador) ele quer regularizar a situação
  • Daora – algo legal, diferente, bom ou divertido
  • Fui fazer bandalha na calçada quase atropelei o PM q tava anotando geral – fui fazer uma manobra proibida, subir na calçada, e quase atropelei um policial que estava aplicando várias multas
  • Quase fui de ralo ai a noite – quase cai nesse mesmo lugar a noite

Motoboy em São Paulo

As páginas dos motoboys de São Paulo não apresentam o mesmo senso de humor, nota-se que os diálogos estão mais ligados a atividades profissionais, vendas de motos ou dicas para soluções de problemas nas motos. Ainda assim, é possível perceber que existe muita criatividade no falar e escrever. Confira:

  • Fazer inalação – rodar logo cedo quando ainda tem sereno ou neblina nas ruas e estradas
  • Pode pá que nos vai atrás de você – pode ir na frente que nós o seguimos
  • Você tá no corre – Está trabalhando, ocupado ou em meio a algo importante
  • Pega a visão – entende o que eu estou falando ou o que está acontecendo
  • É muito moiado se os cana enquadra? – pode dar problemas sérios se a polícia pegar?
  • Já trampei com leilão n dava nada nos enquadro – já trabalhei com moto comprada em leilão e não tive problemas quando os policiais paravam
  • Se for de quebrada é tranquilo – se rodar longe das avenidas principais, usar apenas as ruas secundárias não terá problemas
  • Da nada irmão, joga nas pista – não tem problemas, pode rodar com a moto sem medo
  • sp da pra desenrola sim os cara passa um pano agora comando é poucas kkkk – em São Paulo dá para resolver sim, se for parado por alguma moto da PM é possível conversar e ser liberado. Mas se for em um comando não tem chance de se livrar da irregularidade nos documentos da moto
  • A minha foi presa na Av Morumbi leilão cabeça branca blitis me pego sem boi – a minha moto (de leilão) foi pega no comando da Policia Militar e não teve como liberar
  • Fortalece lá se curtir – ajude, divulgue ou dê um like, se gostar
  • mlk zica – jovem (moleque) que merece o respeito da comunidade por fazer algo difícil digno de admiração

vinheta-instagram_5