west-barros-1

SuperBike: duelo de Alex Barros e West marca abertura

O Autódromo de Interlagos foi palco, nesse domingo, da abertura do SuperBike Brasil e testemunhou um duelo de tirar o fôlego entre dois veteranos da motovelocidade. O reencontro entre Alexandre Barros (4, Alex Barros Racing) e o australiano Anthony West (13, Kawasaki Racing Team), que correram juntos no Mundial de Motovelocidade em 2001 e 2007, não podia ter mais adrenalina, com os dois pilotos levantando a torcida ao delírio ao disputarem a vitória na classe principal.

Anthony West e Alex Barros se reencontraram nas pistas em grande estilo! Pilotos de 37 e 48 anos correram juntos no Mundial de Motovelocidade em 2001 e 2007

Anthony West e Alex Barros se reencontraram nas pistas em grande estilo! Pilotos de 37 e 48 anos correram juntos no Mundial de Motovelocidade em 2001 e 2007

* VEJA, TAMBÉM *
– Eric Granado é bicampeão do SuperBike Brasil
– Com 20 anos no Mundial, Alex Barros volta às pistas

No final das 14 voltas, melhor para West, que faturou o primeiro lugar. Mas não foi fácil. Barros largou na frente, extraiu ótimo desempenho da sua BMW S 1000 RR e resistia às investidas do piloto da Kawasaki, fechando as entradas de curvas. Logo West encontrou as melhores linhas no traçado e tomou a ponta, dando início a um longo revezamento dos dois pilotos na liderança – que perdurou até o exato momento em que cruzaram a linha de chegada, na última volta.

West vence na sua estreia pelo SuperBike Brasil. Australiano já competiu no MotoGP, Moto2 e também no Mundial de SuperBike

West vence na sua estreia pelo SuperBike Brasil. Australiano já competiu no MotoGP, Moto2 e também no Mundial de SuperBike

O bicampeão Eric Granado (51, Honda Racing) poderia ter participado da briga também, deixando-a ainda melhor, mas problemas mecânicos lhe obrigaram a abandonar logo na primeira volta. O companheiro de equipe Pedro Sampaio (28) fez ótima prova, obteve a melhor volta da corrida e garantiu o terceiro lugar. O uruguaio Maximiliano Gerardo (41, Motonil Motors) ficou na quarta colocação e Danilo Lewis (#17, Tecfil Havoline Racing Team) fechou o top5.

Disputa entre Barros (#4) e West (#13) desde a largada

Disputa entre Barros (#4) e West (#13) desde a largada

Anthony West no SuperBike Brasil

A presença de West e de outros pilotos do exterior (como Max Gerardo) no grid demonstram o crescimento do SBK nacional, em nível de organização e competitividade. Além disso, a corrida do dia 24 de março foi transmitida ao vivo pela emissora RedeTV, marcando o retorno da motovelocidade à tevê aberta nacional.

Anthony West estreou no Mundial aos 17 anos, na 125cc. Na temporada seguinte correu pela 250cc, classe pela qual alinhou no grid em sete temporadas. Em 2001 e 2007 competiu na classe principal, ao lado de Alex Barros, mas não obteve vitórias ou pódios. Em 2015 teve três largadas na MotoGP, mas não somou pontos. Além disso, de 2010 a 2016 correu na Moto2.

Pedro Sampaio fez uma corrida segura e garantiu o pódio para a Honda Racing Team

Pedro Sampaio fez uma corrida segura e garantiu o pódio para a Honda Racing Team

O australiano também tem passagens pelo Campeonato Mundial de SuperBike, com duas temporadas na classe principal (2016 e 2017) e seis na categoria de 600cc, onde conquistou sete pódios e duas vitórias.

Resultados – Superbike Brasil – 1ª etapa

Superbike PRO
1) 13-Anthony West Gringo
2) 4-Alex Barros, a 0.022
3) 28-Pedro Sampaio, a 5.966
4) 41-Maximiliano Gerardo, a 10.000
5) 17-Danilo Lewis, a 11.926

Superbike Extreme
1)23-Diego Viveiros
2) 83-Danilo Berto
3) 37-Iam Testa
4) 832-Mauriti Junior
5) 146-Rodrigo Dazzi

Granado fez a pole, mas abandonou a prova logo na primeira volta

Granado fez a pole, mas abandonou a prova logo na primeira volta

Superbike Evolution
1) 34-Bruno Corano
2) 177-Marcelo Skaf, a 0.821
3) 99-Edson Luiz, a 23.028
4) 33-Juliano Ferrante, a 29.128

Superbike Evolution 1000cc
1) 37-Marcio Bortolini
2) 181-Rodrigo Cabecinha
3) 28-Pablo Flores Nunes
4) 25-Carlos Fuzza
5) 74-Sergio Prates

Superbike Light
1) 96-Raphael Fletado
2) 76-Cleber Pires
3) 66-Guilherme Neto
4) 42-Victor Villaverde
5) 12-Ramon Cruz

Superbike Master
1) 56-Juracy Rodrigues “Black”
2) 26-Cristiano Nogueira
3) 9-Marcos Ramalho
4) 45-Nelson Gonçalves Mágico
5) 17-Leandro Bressan

Superstock 1000cc
1) 77-Luciano Pokemon
2) 515-Osvaldo Jorge Filho “Duende”
3) 129-Fabio Pitta
4) 18-Guto Figueiredo
5) 226-Rubem Mardegan

Stock 600
1)11- Luka Veríssimo
2) 207-Daniel Mos
3) 63- Mauricio Cassiano
4) 970-Gerverson Paz

Supersport
1) 260-Matheus Barbosa
2) 53-Leo Tamburro
3) 822-Niko Ramos
4) 77-Sebastian Salon
5) 199-Arthur Costa

Supersport Extreme
1) 13-Luis Ferraz
2) 42-Henrique Daniel
3) 118-Marco Ferreira
4) 45-Leonel V. Carvalho Junior
5) 76-Alexandre Dell Aquila

Supersport Master
1) 21-Franco Lopes
2) 52-Rubens Luis Arenas Bosch

CBR 500R PRO
1) 88-Fábio Florian
2) 90-Raphael K Ramos
3) 444-Luiz Felipe
4) 84-Juninho Moreira
5) 62-Renan Fui

CBR 500R Teen
1) 88-Fábio Florian
2) 90-Raphael K Ramos
3) 444-Luiz Felipe
4) 711-Mario Nicoli
5) 25-Guilherme de Brito

CBR 500R Light
1) 91-Luiz Henrique “Luizinho”
2) 711-Mario Nicoli
3) 55-Fabio Puccini
4) 21-Rafael Sestenari
5) 77-Rodrigo Medeiros

CBR 500R Extreme
1) 7-Marcelo Moreno MM
2) 40-Michael Valtingojer
3) 13-Gilberto Junior
4) 27-Alexandre Colorado
5) 277-Denis Peppe

YAMALUBE R3 CUP
1) 44-Gui Brito
2) 39-Enzo Valentim, a 0.647
3) 51-Bruno Cesar Borges, a 20.101
4) 123-Alex Milan, a 20.175
5) 31-Leandro Bagnarelli, a 20.256

YAMALUBE R3 Stock
1) 12-Humberto Turquinho, a 20.086
2) 36-Kaywan Freire, a 20.281
3) 54-Felipe Macan, a 20.316
4) 8-Rodrigo Gregório Diguinho, a 20.861
5) 88-Gustavo Manso, a 21.856

YAMALUBE R3 Master
1) 10-Fabinho Jandaia, a 20.893
2) 33-Alex Schultz, a 26.677
3) 58-Odair Delafrati, a 40.546
4) 234-Fernando Santos, a 40.815
5) 73-Pierre Bauducci, a 1 volta

Superbike Escola
1) 118-Nicolas A. Castorino (SBK),
2) 190-Eduardo Lopes (SBK), a 0.843
3) 25-Fábio Queiroz (SBK), a 1.211
4) 111-Thiago Eduardo Cão (SBK), a 1.735
5) 889-Rafael Palmieri (SBK), a 4.729

Supersport Escola
1) 83-Alex Penholato (SS),
2) 65-Raphael Santos (SS), a 1.132
3) 94-Fernando Martins (SS), a 10.718
4) 24-Breno Florian (SS), a 11.715
5) 598-Vitor Simões (SS), a 20.435

Honda Junior Cup
1) 10-Pedro Balla
2) 13-João Fascinelli, a 30s937
3) 14-João Teixeira, a 30s973
4) 22-Brayann Ligeirinho, a 31.416
5) 17-Matheus Oliveira, a 59s048

separador_motovelocidade



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever