Abertura emocionante do Mundial de MotoGP com domínio da Ducati

Abertura emocionante do Mundial de MotoGP com domínio da Ducati

Abertura emocionante do Mundial de MotoGP com domínio da Ducati

Jerez de la Frontera – O italiano Loris Capirossi (Ducati) abriu o mundial de MotoGP 2006 com uma vit¢ria incontest vel, mas a surpresa foi a ¢tima estr‚ia do espanholzinho Daniel Pedrosa (Honda) que imp“s um ritmo forte e terminou em segundo; Valentino Rossi (Yamaha) caiu na primeira curva e terminou em 14§ lugar.

O p£blico espanhol est  em festa. Depois de 50 anos de hist¢ria da F¢rmula 1 um piloto espanhol, Fernando Alonso, conquista o t¡tulo mundial. Em 2006 ‚ a vez da motovelocidade apontar suas lentes para um espanhol de apenas 1,55m de altura e 49 kg, mas que acelera como gente grande: Daniel Pedrosa. Ele foi o mais jovem campeÆo do mundo da categoria 250, aos 19 anos em 2005 e agora parte para ser o principal rival de Valentino Rossi na temporada 2006.

A prova de abertura do mundial deixou claro que a temporada vai revelar boas surpresas. Em primeiro lugar a Bridgestone conseguiu fornecer para a Ducati um composto de pneus que dura a prova toda. O experiente Loris Capirossi (32 anos) mostrou que tem g s e habilidade para suportar pressÆo no seu calcanhar mesmo com a moto derrapando pra todo lado. At‚ de frente ele derrapou e segurou a moto. Foi um show … altura desse baixinho (1,65m) tetracampeÆo do mundo (3 vezes de 125 e uma na 250).

A decep‡Æo foi ver o fraco desempenho das Yamaha nesta corrida, em parte prejudicada pelo tombo de Rossi na primeira curva, mas seus tempos ficaram muito abaixo das Honda e Kawasaki desde os treinos oficiais de s bado. E a ¢tima corrida de Daniel Pedrosa com a Honda RCV 211 acende a discussÆo sobre a qualidade dos pilotos da marca. Enquanto Nick Hayden, Max Biaggi e Alexandre Barros s¢ amargaram resultados espor dicos, o estreante Pedrosa subiu na moto e tirou desempenho do pr¢prio bolso. Pode ter certeza que muita gente ir  questionar o fato do espanhol ter apenas 49 kg, contra 70 kg da m‚dia de seus advers rios. Ele ouve isso desde o tempo que corria na 125 e vai continuar sendo obrigado a aturar essa ladainha. Ou os outros pilotos come‡am uma epidemia de regime ou esse vai ser o mote da temporada 2006.

Outro espanhol brilhou na corrida. Toni Elias (Honda), sobrinho de Jordi Elias, piloto que viveu e correu de motocross no Brasil nos anos 80, foi quem deu o toque que derrubou Rossi. Perdeu v rias posi‡äes e terminou em 4§, mas quase chegou em terceiro depois de passar batido pelo companheiro de equipe e vice-campeÆo de 2005, Marco Melandri. Hayden foi novamente terceiro e fez o quinto p¢dio consecutivo, mas sua situa‡Æo nÆo ‚ boa. Com Pedrosa na equipe ele dever  ser ofuscado se continuar tomando 3 d‚cimos de segundo do jovem companheiro de equipe.

Infelizmente Sete Gibernau teve de abandonar por quebra em sua Ducati. O espanhol saiu da Honda em 2005 metendo o pau na moto e na equipe. Fez o segundo tempo e poderia dar um show em Jerez. Pode esperar bons pegas nas pr¢ximas corridas.

E os quase 200 mil torcedores foram presenteados com duas vit¢rias “caseiras”. Na 125 a vit¢ria foi de µlvaro Bautista (Aprilia) e na 250 outro espanhol faturou, Jorge Lorenzo (Aprilia). A pr¢xima etapa ser  dia 8 de abril no Qatar. E desculpe pelo hor rio divulgado errado no texto de ontem, mas esqueci de contar nosso hor rio de “inverno” pra calcular o fuso hor rio. E ainda tem gente que defende esta bobagem de hor rio de verÆo. Para saber resultados, datas e hor rios da prova, clique no banner do Motograndprix no rodap‚ da p gina de abertura. Cadastrando-se no MotoGP vocˆ pode ainda acompanhar a corrida volta a volta pelo sistema de cronometragem ao vivo. A SporTV ir  transmitir todas as etapas, com reprises durante a semana.