Roberto Castro, piloto satélite Honda na categoria Pró do Arena Cross

ARENA CROSS – Pilotos Honda vencem nas categorias Pró, MX2 e Júnior

 Roberto Castro, piloto satélite Honda na categoria Pró do Arena Cross

Roberto Castro, piloto satélite Honda na categoria Pró do Arena Cross

RIBEIRÃO PRETO (SP) – Os pilotos satélites Honda Roberto Castro (Dunas Team), Endrews Armstrong (Dunas Team) e Gustavo Pessoa (Itamaracá Fox) venceram respectivamente as categorias Pró, MX2 e Júnior da etapa de abertura do Arena Cross. A 13ª edição começou neste sábado (6) em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Cerca de sete mil pessoas compareceram ao circuito montado na cidade que recebeu os pricipais competidores da modalidade.

1ª BATERIA PRÓ
Jean Ramos, da Equipe Honda Mobil, largou na frente, mas cedeu a primeira posição para o costa-riquenho Roberto Castro (Dunas Team), que seguiu na primeira posição até o final. O também piloto oficial Honda João Paulino “Marronzinho” segurou a mão na largada e com cautela fez as ultrapassagens necessárias para garantir o segundo lugar. Jean, que vinha na vice-colocação, sofreu uma queda a cinco minutos do final e terminou a bateria na quarta colocação. A terceira posiçã ;o ficou com o inglês Adam Chatfield (Ipiranga Honda IMS).

2ª BATERIA PRÓ
Novamente boa largada do piloto oficial Honda Jean Ramos. Pressionado pelo satélite Hector Assunção (Itamaracá Fox), Jean caiu cedendo a posição para Hector, que pouco depois também foi ao chão na curva do final da sequência de costelas. Com isso, o caminho ficou livre para Roberto Castro (Dunas Team) assumir a liderança. João Paulino “Marronzinho” tentou se aproximar do ponteiro, mas a vitória ficou com o piloto da Costa Rica. “Não comecei o campeonato como eu queria, devido aos erros que cometi, mas estou trabalhando para conseguir bons resultados. Fiz duas boas largadas, resultado do ajuste da moto e da concentração”, comenta Jean. “Estou muito satisfeito com o resultado. Este segundo lugar foi mais que uma vitória, foi uma superação. Deixei-me levar com a empolgação da galera, o que exigiu bastante esforço da mão”, lembra Marronzinho, que ainda se recupera de uma lesão no metacarpo da mão direita. “A pista estava escorregando bastante e o segredo é fazer uma boa leitura do circuito. Na segunda bateria larguei em penúltimo e consegui ultrapassar todos. Aí só foi administrar a prova”, resume Castro.

MX2
O satélite Endrews Armstrong (Dunas Team) começou bem e fez uma corrida impecável do início ao fim. O paranaense de Colombo marcou a abertura da categoria na temporada 2011 do Arena Cross com a primeira vitória com a Honda CRF-250R. “O resultado de hoje é muito importante para o meu trabalho na nova categoria. No começo, quase me enrosquei com outro piloto, entretanto consegui fazer uma corrida perfeita, administrando a vantagem para o segundo colocado”, diz Endrews. A segunda colocação ficou com o venezuelano e também satélite Humberto Martin (LS Racing), seguido do gaúcho João Ribeiro.
 
JÚNIOR
Thiago Formehl (Ipiranga Honda IMS) fez o holeshot, porém perdeu a liderança da prova ainda na primeira volta para Gustavo Pessoa (Itamaracá Fox), que disparou na frente, abrindo mais de quatro segundos de diferença, até receber a bandeirada final. A terceira posição ficou com Kaio Miranda (Mira-X Racing), completando o pódio 100% Honda. “Essa foi minha primeira vitória em oito anos de Arena Cross. Estou muito contente com esse resultado que foi uma mistura de uma boa prova e união de toda minha equipe”, destaca Pessoa.

“O Arena Cross é um grande espetáculo para o público que fica muito próximo da competição e consegue perceber todo o espetáculo do motocross. Mais uma vez, a Honda começa o campeonato com boa atuação e exemplos de superação. Tudo isso é resultado do trabalho que estamos fazendo com a equipe oficial e o suporte aos pilotos satélites”, finaliza José Luiz Terwak, gerente de pilotagem da Moto Honda.

A Equipe Honda Mobil tem apoio da Mobil, Pirelli, Oakley, ASW, Riffel, Showa, DID, Polisport, Orbital, NGK e Protaper

Assessoria de Imprensa – Equipe Honda
Jornalistas responsáveis: Ricardo Ribeiro/Carolina Yada