Argentino acaba com a hegemonia

Argentino acaba com a hegemonia

Argentino acaba com a hegemonia

Ramiro Marino confirmou o favoritismo e venceu
a disputa neste domingo, em Paul¡nia (SP)

Paul¡nia (SP) – O Brasil j  nÆo ‚ o £nico campeÆo do Bicicross Americaïs, torneio internacional que reuniu, pelo terceiro ano consecutivo, os melhores do pa¡s e destaques do exterior. Ap¢s duas vit¢rias nacionais nas primeiras edi‡äes, desta vez foi argentino Ramiro Marino que garantiu o lugar mais alto no p¢dio. Na manhÆ deste domingo, na pista do Conjunto Poliesportivo ttorio Bl sio (Monte Verde), em Paul¡nia (SP), ele venceu a bateria final ao completar os 380 metros em 37seg057. A segunda coloca‡Æo ficou com o brasileiro Deivlin Baltazar, de Americana (SP), vencedor do ano passado, com 37seg809, enquanto a terceira foi do norte-americano Ronald Veja, 38seg977. Ramiro, que j  est  garantido nos Jogos Ol¡mpicos de Pequim, recebeu a premia‡Æo de R$ 5 mil. No feminino, que teve uma bateria de exibi‡Æo com as melhores do pa¡s antes da final masculina, o primeiro lugar ficou com Ana Fl via Sgobin, medalha de prata no Pan do Rio, em 2007.

Em sua terceira edi‡Æo, o Bicicross Americaïs teve uma das disputas mais equilibradas e emocionantes de sua breve hist¢ria. A presen‡a dos principais pilotos do pa¡s e de estrangeiros de alto n¡vel t‚cnico proporcionou emo‡Æo em todas as 16 baterias deste domingo. Para ajudar, a busca por uma vaga ol¡mpica foi um motivador extra para os participantes, que utilizaram o evento com um treinamento de luxo. Do lado de fora, outro show do p£blico de Paul¡nia, um dos principais centros de pr tica do BMX no Brasil, que lotou as arquibancadas e vibrou o tempo todo apesar do Sol forte e do calor beirando os 30 graus.

Ramiro Marino, terceiro colocado em 2007, e Deivlin Baltazar, campeÆo da segunda edi‡Æo, foram os destaques do domingo, e ambos chegaram … bateria final com atua‡äes consistentes. Na decisÆo, o argentino levou a melhor ap¢s uma boa largada e confirmou seu bom momento e os resultados positivos nas duas seletivas ol¡mpicas deste in¡cio do ano, no Chile e na Argentina. “Foi tudo como eu esperava, felizmente. Mas tive de lutar muito, pois sei da qualidade dos atletas brasileiros e da pr¢pria competi‡Æo. Agora ‚ seguir trabalhando para conseguir a terceira vaga para meu pa¡s em Pequim”, declarou Marino.

O vice-campeÆo tamb‚m reconheceu o bom momento do argentino e destacou seu resultado. “Ele evoluiu muito desde o ano passado e teve grandes apresenta‡äes neste come‡o do ano. Sem d£vida, mereceu a vit¢ria. Eu, da minha parte, estou honrado por ter colocado no Brasil no p¢dio e tranqilo por tem tentado dar o meu melhor. Faltaram algumas pedaladas no final”, ressaltou Deivlin, que segue lutando pela classifica‡Æo brasileira para Pequim. As seletivas programadas sÆo as seguintes: Pan-Americano da modalidade em Paul¡nia, dias 7 e 8 de mar‡o; Latino-Americano em Cuenca, Equador, 28 e 29 de abril; e o Mundial de Tayuan, na China, de 31 de maio a 1§ de junho.

Resultados do Bicicross Americaïs 2008: Masculino 1§) Ramiro Marino (ARG), 37seg057; 2§) Deivlin Baltazar (BRA), 37seg809; 3§) Ronald Veja (EUA), 38seg977; 4§) Renato Rezende (BRA), 39seg229; 5§) Jos‚ Luis Dias (COL), 40seg031; 6§) Felipe Brick (BRA), 43seg320; 7§) Edson Marcos de Carvalho J£nior (BRA), 46seg216; 8§) Mauro Aquino (BRA), 56seg960; Feminino 1¦) Ana Fl via Sgobin (BRA), 41seg713; 2¦) Bianca Quinalha (BRA), 43seg261; 3¦) Mayara Perez (BRA), 44seg321; 4¦) Naiara de Almeida Silva (BRA), 44seg908; 5¦) Camila Brustolin (BRA), 45seg617; 6¦) Priscila Carnaval (BRA), 46seg002; 7¦) Priscila Galbati (BRA), 46seg849; 8¦) Squel Stein (BRA), 47seg054.

Feminino
O bicicross feminino tamb‚m come‡a a ganhar for‡a no Bicicross Americaïs. Neste domingo, pela segunda vez, as garotas tiveram a chance de mostrar sua evolu‡Æo e por que tˆm se destacado em competi‡äes nacionais e internacionais. Na bateria realizada, Ana Fl via Sgobin, que integra a sele‡Æo brasileira que busca classifica‡Æo para Pequim, levou a melhor. “Queria agradecer a todos, especialmente a Yescom, por ter possibilitado essa exibi‡Æo. Estamos brigando pela vaga nos Jogos Ol¡mpicos e poder mostrar a qualidade destas ciclistas ‚ muito importante”, declarou a vencedora, medalha de prata no Pan-Americano de 2007, no Rio de Janeiro.

O Bicicross Americaïs 2008 foi uma realiza‡Æo e organiza‡Æo da Yescom. A supervisÆo foi da UniÆo Internacional de Ciclismo (UCI), Confedera‡Æo Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federa‡Æo Paulista de Ciclismo (FPC). O patroc¡nio ficou a cargo de Goodyear, Wizard, Oi e Caixa, com apoio especial da Prefeitura de Paul¡nia e Secretaria de Esportes e Recrea‡Æo.