O novo motor 2T: mais economia, menos emissões e melhor desempenho

Athena DICC pode revolucionar os motores 2 tempos

A empresa italiana Athena apresentou no Salão de Milão um sistema inovador de injeção de combustível direta para motores 2 tempos.

O novo motor 2T: mais economia, menos emissões e melhor desempenho

O novo motor 2T: mais economia, menos emissões e melhor desempenho

O controle de combustão e injeção direta é baseado no conceito de injeção direta de combustível no cilindro, através de injetores eletrônicos. Apenas o combustível necessário para funcionamento do motor é inserido na câmara de combustão por via aérea e não mais com a mistura inflamável. Este sistema resulta em condições normais de funcionamento diante de mistura magra (com excesso de oxigênio) e cria condições de pleno funcionamento na câmara de carga estratificada de combustão, em todas as condições de carga do motor, além de excluir a maior parte do óleo lubrificante da combustão.

O sistema de injeção direta DICC (Controle de Combustão e Injeção Direta) foi criado por uma equipe que inclui o engenheiro Jan Witteween, coordenador do projeto e especialista internacional em motores, engenheiro Nino Henry, professor de Engenharia Ambiental e Física da Universidade de Basilicata, técnicos da Athena e da Athena Evolution. O sistema é patenteado em todo o mundo pela Athena.

A Athena vê o novo sistema DICC como uma simples e efetiva solução de custos para motores 2 tempos, bem como a diminuição drástica de consumo e emissão de poluentes. O uso de novos componentes disponíveis comercialmente e não especificamente projetados, juntamente com uma tecnologia aplicável a motores existentes, minimiza a necessidade de um novo design do motor.

Antoni Cairoli, pentacampeão mundial de MX: testou e aprovou o projeto; a direita, Erardo Ratzenbeck, da Athena

Antoni Cairoli, pentacampeão mundial de MX: testou e aprovou o projeto; a direita, Erardo Ratzenbeck, da Athena

O sistema DICC garante uma redução de até 50% das emissões de poluentes e consumo de combustível. “O DICC é a tecnologia do terceiro milênio para reviver os grandes motores 2 tempos. Uma patente que adquirimos pelo professor Nino Henry na Universidade de Basilicata e desenvolvido em conjunto com os nossos técnicos e o engenheiro Jan Witteween, mostra que o sistema é conceitualmente simples e pode ser aplicada a qualquer tipo de motor, incluindo a aviação e agricultura, com a simples substituição do cilindro. Esperamos uma grande resposta para este produto não só no motociclismo. Neste momento, é um orgulho para nós sermos uma empresa de propriedade multinacional italiana que emprega 800 pessoas, falou Erardo Ratzenbeck, gerente geral da Athena na entrevista de apresentação no Salão de Milão, ao lado do pentacamepão mundial de motocross, Antoni Cairoli.

Na mesma ocasião, o engenheiro Jan Witteween disse: “Muitos sabem que os motores 2 tempos de moto ganharam 23 títulos mundiais entre os pilotos e construtores. Nossa história começou em 1975 com a Aprilia Enduro Isle of Man e então eu mantive esse rítmo até 2004. O sistema DICC que desenvolvemos com nossos amigos de Athena, introduzindo no cilindro apenas o combustível necessário para operar o motor por via aérea e não mais por mistura inflamável, resulta em redução de 50% no consumo de combustível, menor consumo de lubrificante, redução de até 65% nas emissões de CO2 e aumento da potência e da curva de entrega. É um sistema muito bom. Nosso primeiro objetivo agora é conseguir uma joint venture com fabricantes em larga escala e também é nossa intenção desenvolvê-lo na pista de corrida.”

No Brasil, a Vedamotors é uma empresa integrante do Grupo Athena, especializada na fabricação de elementos e peças para performance de motores e atua nos segmentos off-road, on-road, ATV, kart, náutica, jardim/floresta, automotivo GNV e indústria.

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.