Azevedo é o mais rápido da quarta etapa

Azevedo é o mais rápido da quarta etapa

Azevedo é o mais rápido da quarta etapa

Jean Azevedo voltou a pisar fundo na quarta etapa do Rally dos Sertäes 2006.

No trajeto cronometrado de 187 km entre Alto Parna¡ba (MA) e Corrente (PI), ele cravou 2h22min11s.
Em segundo, veio o francˆs Cyril Despres, com 2h24min27s, seguido por Tiago Fantozzi, David Casteu e Juca Bala.

“Foi um percurso quase todo com areia. Fui o quarto a largar, me aproximei de David Casteu e arrisquei ultrapass -lo em um v“o cego por causa da poeira. Logo bati em alguma coisa e amassei o aro. Depois, cheguei no Tiago Fantozzi e preferi nÆo arriscar de novo. Ontem tive problemas na estrutura que segura a planilha de navega‡Æo, com isso perdi bastante tempo em rela‡Æo aos l¡deres. Vou tentar agora recuperar de pouquinho em pouquinho, at‚ Porto Seguro”, contou o piloto da Equipe Petrobras Lubrax.

A organiza‡Æo ainda nÆo divulgou a classifica‡Æo geral com os tempos de hoje. Na contagem feita por nossa equipe, Jean Azevedo fica com 14h38min50s e pula da quarta para a terceira posi‡Æo, atr s de Tiago Fantozzi, que soma 14h25min19s e do francˆs Cyril Despres, que agora ‚ o novo l¡der com 14h23min06s.

Ap¢s uma terceira etapa dur¡ssima, em que praticamente todos os favoritos entre os carros tiveram problemas s‚rios (ou abandonaram), Klever Kolberg e Eduardo Bampi desistiram de percorrer os 266 km da quarta etapa do Rally dos Sertäes 2006 e vieram direto de Alto do Parna¡ba (MaranhÆo) para Corrente (Piau¡), sem passar pelo trecho cronometrado determinado pela organiza‡Æo.

Por causa disso, passa a valer para eles o tempo limite determinado pela organiza‡Æo para essa etapa (3h30min), mais uma puni‡Æo de 2h por nÆo percorrer a especial. Somada … penaliza‡Æo recebida ontem, por nÆo ter completado a terceira etapa no tempo m ximo determinado, a dupla da Equipe Petrobras Lubrax deve cair drasticamente na classifica‡Æo geral.

Desapontado, o piloto Klever Koberg explicou o que aconteceu. “Ontem furamos um pneu logo no in¡cio, trocamos e fomos em frente. Logo depois, furou um pistÆo do motor. Ficamos sem potˆncia e chegamos muito tarde em Alto do Parna¡ba. Nossa id‚ia era largar hoje e percorrer a especial para pelo menos diminuir o preju¡zo. Sem apoio mecƒnico, por‚m, continu vamos sem potˆncia, e como a etapa seria disputada na areia, o risco de encalhar e nÆo conseguir sair era enorme. Decidimos vir direto para c  (Corrente) e encarar a penaliza‡Æo”.

Hoje, os mecƒnicos devem arrumar todas as avarias no Mitsubishi L20 Evo da equipe, dando condi‡äes para que Klever e Bampi larguem normalmente amanhÆ. As chances de lutar pela vit¢ria, por‚m, diminu¡ram muito. A briga pelo t¡tulo agora est  nas mÆos dos azaräes.

Assim como Klever Kolberg e Eduardo Bampi, o caminhÆo tripulado por Andr‚ Azevedo, Maykel Justo e Ronaldo Pinto tamb‚m desistiu de percorrer o trecho especial (cronometrado) da quarta etapa do Rally dos Sertäes 2006, entre Alto Parna¡ba (MaranhÆo) e Corrente (Piau¡), por causa de avarias sofridas ontem, durante a etapa Maratona.

No trajeto entre Palmas (TO) e Alto Parna¡ba, o caminhÆo da Equipe Petrobras Lubrax teve as duas molas mestras da suspensÆo traseira quebradas. Com improviso, a tripula‡Æo conseguiu percorrer o resto da etapa a apenas 20km/h, estourando o limite de tempo imposto pela organiza‡Æo. Sem poder contar com apoio mecƒnico na virada de ontem para hoje, a equipe decidiu vir direto para Corrente e receber as puni‡äes previstas pelo regulamento.

“Hoje vamos arrumar todo o caminhÆo e seguir na prova amanhÆ”, disse Andr‚. “Estamos muito longe da disputa pelo t¡tulo, mas vamos aproveitar para testar o Mercedes-Benz Atego 1725, pois essa ‚ a primeira competi‡Æo que disputamos com ele. Vamos testar aperfei‡oamentos para o Dakar tamb‚m”. Para Andr‚, o percurso determinado pela organiza‡Æo prejudicou demais os caminhäes de grande porte, como o dele. “Era um trajeto muito estreito, cheio de  rvores, com precip¡cios perigosos e sem espa‡o de manobra. Isso destruiu nosso caminhÆo”, afirmou, mostrando as cicatrizes no Atego 1725: p ra-lamas, laterais e prote‡Æo do p ra-brisa arrebentados