3ª etapa do Brasileiro de MX em Canelinha (SC) no próximo final de semana

Brasileiro de Motocross desembarca em Limeira (SP)

Os melhores pilotos do Brasil começam a chegar em Limeira (SP), para a 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que será realizada neste fim de semana, dias 13 e 14 de setembro, no Motódromo Carlos Alberto Nunes – Cacko, que fica dentro do Horto Florestal da cidade, na Via Jurandyr da Paixão de Campos Freire, Km 4 – Bairro Tatu.

Será a primeira vez que o município recebe uma etapa da competição. A pista que já existe há 30 anos passou por reformas e está pronta desde o início da semana. O traçado inicial que tinha 1.300 metros foi ampliado para 1.500. A área de box do evento é asfaltada, pois será no kartódromo que fica ao lado da pista de Motocross.

3ª etapa do Brasileiro de MX em Canelinha (SC) no próximo final de semana

5ª etapa do Brasileiro de MX em Limeira (SP) no próximo final de semana

A etapa marca o início da segunda metade da temporada. Com oito etapas no campeonato, as disputas já foram realizadas em Três Lagoas (MS), Pedra Bonita (MG), Canelinha (SC) e Campo Grande (MS). Depois de Limeira (SP), a competição segue para Paty do Alferes (RJ), Santa Maria (RS) e Toledo (PR).

Nesta 5ª etapa estarão em disputa seis categorias: MX1 (motos até 450cc, pilotos de 17 a 55 anos), MX2 (motos até 250cc, pilotos de 14 a 23 anos), MX3 (motos até 450cc, pilotos homens com idade a partir de 35 anos e mulheres a partir de 17 anos), Junior (motos até 150cc, pilotos homens de 11 a 15 anos e mulheres até 17 anos), 65cc (motos até 65cc, pilotos de 7 a 12 anos) e 50cc (motos até 50cc, pilotos de 05 a 09 anos).

A principal categoria, MX1, é liderada pelo equatoriano Jetro Salazar, seguido pelos brasileiros Balbi Jr, Wellington Garcia e Jean Ramos. O espanhol Carlos Campano que saiu na frente no campeonato  está na quinta colocação. O piloto sofreu uma lesão no tornozelo e não correu em Canelinha (SC) e somou apenas alguns pontos em Campo Grande (MS). Já o atual campeão da MX1, o inglês Adam Chatfield voltou a ter bom rendimento após a lesão no ombro e segue na sexta posição.

Na MX2, o português Paulo Alberto é o líder mas Thales Vilardi diminuiu a diferença com as vitórias nas duas baterias da 4ª etapa. Na MX3, Davis Guimarães assumiu a liderança, mas Milton Becker, o Chumbinho, aparece em segundo com apenas dois pontos de diferença. Já na categoria Junior, Enzo Lopes lidera a classe com quatro vitórias até agora. Na 65cc, o paraguaio Pablo Olmedo que venceu a última etapa assumiu a ponta e na 50cc Diogo Moreira segue liderando.

A entrada para o evento será 1 litro de leite longa vida, que será doado a entidades sociais do município. Terá estacionamento no local e parte da arrecadação também será revertida para as entidades assistenciais.

Confira a programação do evento:

SÁBADO (13/9):
08h00 às 10h35 – treinos livres
10h45 às 14h05 – treinos cronometrados
15h00 – Prova MX3 – 20min + 2 voltas
15h40 – Prova Júnior – 20min + 2 voltas
16h20 – Prova 50cc – 15min + 2 voltas
16h50 – Pódio das categorias MX3, Junior e 50cc

DOMINGO (14/9):
09h00 às 10h05 – Warm up
11h20 – Prova MX2 – 1ª Bateria – 30min. + 2 voltas
12h10 – Prova MX1 – 1ª Bateria – 30 min. + 2 voltas
13h00 – Prova 65cc   15 min. + 2 voltas
13h40 –  Cerimonial
14h30 – Prova MX2 – 2ª Bateria – 30min. + 2 voltas
15h30 – Prova MX1 – 2ª Bateria – 30min. + 2 voltas

Fonte: Comunic.Ativa e IMS Race – imagem de divulgação CBM

STEFANY SERRÃO BUSCA SEGUNDO PÓDIO CONSECUTIVO EM LIMEIRA
Piloto paulista quer aproveitar boa fase para repetir o bom desempenho da etapa anterior

Stefany Serrão vai com todo o gás para a 5ª etapa do Brasileiro de Motocross

Stefany Serrão vai com todo o gás para a 5ª etapa do Brasileiro de Motocross

Apenas duas semanas após disputar uma grande corrida em Campo Grande (MS), que rendeu o primeiro pódio da classe MX3 na temporada 2014 do Campeonato Brasileiro de Motocross para a recém coroada Campeã Latino Americana de Motocross, Stefany Serrão quer aproveitar a boa fase e o bom preparo físico para repetir o desempenho na quinta rodada do campeonato nacional.

Sem disputar uma etapa do Brasileiro de Motocross em seu Estado natal por vários anos, Stefany Serrão está confiante em correr ‘em casa’ e com o apoio da torcida. Disputando uma categoria onde a predominância é masculina, com pilotos veteranos e bem mais experientes, a jovem piloto tem como principal objetivo retornar ao pódio e se aproximar ainda mais do Top 5 na classificação da categoria. Apesar de ter perdido a terceira rodada do campeonato que coincidiu com a disputa do Latino Americano, Stefany Serrão está na sétima posição da pontuação, apenas 22 pontos atrás do quinto colocado.

Fonte: Moto Press – foto de César Araújo