buzinaço_destaque

Buzinaço pela Paz reúne 400 motociclistas em São Paulo

Cerca de 400 motociclistas fizeram hoje (13/1) pela manhã em São Paulo uma manifestação pedindo mais segurança no trânsito de São Paulo. O movimento começou espontaneamente após o assassinato de um casal na avenida dos Bandeirantes no dia 19 de dezembro em uma tentativa de assalto.

Manifestação nasceu da indignação de um motociclista e se espalhou pelo Facebook

Manifestação nasceu da indignação de um motociclista e se espalhou pelo Facebook

A iniciativa foi do jornalista Geraldo “Tite” Simões que  já foi assaltado três vezes. “Três vezes levaram minha moto da mesma forma – duas pessoas em outra moto apontam a arma para você e já era – e se você reage os assaltantes atiram para matar”, desabafa Tite. Com o assassinato do casal em uma esquina da movimentada avenida, Tite resolveu sugerir uma manifestação pedindo maior empenho da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo no sentido de reduzir esse tipo de ocorrência.

“Não podemos mais assistir a tudo isso, esperando quando será a próxima vez”, desabafa Geraldo. “Muitas motos são desmanchadas para venda de peças, mas muitas também continuam em circulação e são usadas em novos crimes”, explica o jornalista, que descobriu dois dias depois de ser assaltado que sua moto havia sido filmada em um outro assalto.

Através do Facebook, o jornalista postou sua indignação e convocou motociclistas a comparecerem, o que acabou se espalhando por diversos grupos e acabou atraindo até a imprensa. “Não pedimos apoio de ninguém, de nenhum grupo específico, apenas de motociclistas”, disse Tite. O grupo de cerca de 400 motos partiu da Praça Charles Müller, no Pacaembu, e foi até a Assembléia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera, passando pela Avenida Paulista e pela bairro dos Jardins.

Tite ganhou de um motociclista que teve sua moto roubada uma miniatura em aço: "foi o que restou da minha moto", disse

Tite ganhou de um motociclista que teve sua moto roubada uma miniatura em aço: "foi o que restou da minha moto", disse

“Essa pequena manifestação nasceu da minha indignação com essa sensação de impunidade e insegurança que se tem em São Paulo. Por isso eu gostaria que isso se espalhasse por todas as cidades do País e se repetisse mais vezes para que as autoridades façam algo”, disse Tite.  “Esse buzinaço é apenas um primeiro passo para chamar a atenção das autoridades e por isso escolhemos ir até a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo como forma de dar um recado às autoridades, mesmo sabendo que lá não tem ninguém trabalhando hoje”, finalizou.

Veja mais fotos do “Buzinaço pela Paz” abaixo.

Manifestantes começaram a se reunir em frente ao estádio do Pacaembu

Manifestantes começaram a se reunir em frente ao estádio do Pacaembu

Tite fala aos motociclistas sobre as razões da manifestação e orienta sobre o roteiro

Tite fala aos motociclistas sobre as razões da manifestação e orienta sobre o roteiro

Grupo circulou pela Avenida Paulista

Grupo circulou pela Avenida Paulista

Manifestação passou por dentro do bairro dos Jardins

Manifestação passou por dentro do bairro dos Jardins

Finalização na frente da Assembléia Legislativa: recado aos deputados

Finalização na frente da Assembléia Legislativa: recado aos deputados