CB 300R e XRE 300 ganham versão com freios Combined ABS(I)

Nova tecnologia disponível na linha de 300 cc da Honda contribui com a segurança e com o bem-estar dos motociclistas

O desenvolvimento de produtos que ofereçam o máximo de segurança aos seus consumidores faz parte da diretriz mundial da Honda, que investe constantemente em pesquisas voltadas para a criação de novas tecnologias. Acompanhando esta tendência, a empresa apresenta ao público brasileiro as motocicletas CB 300R e XRE 300 na versão com freios Combined ABS (C-ABS).

O sistema reúne os benefícios do ABS (Anti-lock Brake System) e do CBS (Combined Brake System). Enquanto o primeiro evita o travamento das rodas em frenagens bruscas, facilitando o controle do veículo em situações de emergência e permitindo manter seu controle direcional, o segundo distribui a força de frenagem entre as rodas dianteira e traseira, aumentando a eficiência e evitando o mergulho da suspensão dianteira e a perda de aderência do pneu traseiro.

Uma vez que as características técnicas e as formas de uso da CB 300R (street) e da XRE 300 (on-off road) diferem, o C-ABS aplicado a cada uma, apesar de ter basicamente a mesma concepção, apresenta algumas variações para se adaptar às realidades diversas.

Em ambas, o sistema conta com sensores de leitura nos freios dianteiro e traseiro, um módulo de controle que processa as informações fornecidas por estes sensores, cáliper de três pistões na dianteira, freio a disco na traseira, luz de advertência do funcionamento no painel e grafismo com identificação do C-ABS na carenagem, diferenciando as motocicletas de suas versões Standard.

A mudança fica por conta do “setting” específico aplicado ao sistema C-ABS da XRE 300, com tempo de pressurização mais rápido, uma vez que o ciclo de atuação do ABS em motocicletas de uso misto é mais curto. Tais características permitem que se mantenha o controle direcional da motocicleta mesmo em pisos de menor aderência. Este sistema é o primeiro desenvolvido pela Honda mundial exclusivamente para modelos on-off e passa a ser referência no segmento.

As novidades chegam à rede de concessionárias em outubro. A CB 300R estará disponível nas cores preta, vermelha, amarela metálica e prata metálica ao preço público sugerido de R$13.990,00. Já a XRE 300 será comercializada nas cores preta, vermelha e amarela metálica ao preço público sugerido de R$15.390,00. Estes valores têm como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas com frete e seguro. Os modelos têm um ano de garantia, sem limite de quilometragem.

CB 300R: esportividade e força – A versão C-ABS da CB 300R chega à rede de concessionárias três meses após o lançamento de sua versão Standard, que já conquistou o motociclista brasileiro. Dentre os inúmeros fatores que contribuíram com este sucesso está seu design, que adota o conceito “street fighter”, transmitindo força na dianteira e leveza na traseira.

O conjunto frontal tem formas aerodinâmicas, com identidade visual marcante. O farol, com refletores multifocais, garante boa visibilidade noturna e sua carenagem, integrada ao conjunto, amplia a sensação de grande porte da motocicleta.

O tanque, com capacidade para armazenar 18 litros de combustível (três de reserva), possui linhas acentuadas, vincos e curvas que potencializam a robustez.

A traseira apresenta lanterna exclusiva e rabeta curta e afilada, reforçando sua leveza. O assento em dois níveis proporciona melhor ergonomia e garante o conforto tanto do piloto quanto do garupa. Para este há ainda alças em alumínio com formato agressivo, que oferecem conforto e segurança

O motor de 291,6 cm3, DOHC (Double Over Head Camshaft), com duplo comando de válvula no cabeçote, monocilíndrico, quatro tempos, com quatro válvulas e radiador de óleo, confere à motocicleta agilidade na pilotagem urbana e desempenho superior nas estradas.

A alimentação é feita por sistema de injeção eletrônica de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que permite funcionamento uniforme, acelerações progressivas e lineares, respostas imediatas e comando do acelerador mais suave e confortável. Tudo isso resulta em um torque máximo de 2,81 kgf.m a 6.000 rpm e em uma potência de 26,53 cv a 7.500 rpm.

O sistema de injeção eletrônica PGM-FI, aliado ao catalisador instalado no escapamento do modelo, faz com que ele atenda ao Promot 3 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares) em níveis bem abaixo dos estabelecidos pela legislação. Enquanto o limite é de 2 g/km de monóxido de carbono (CO), 0,3 g/km de hidrocarbonetos (HC) e 0,150 g/km de óxido de nitrogênio (NOx), a CB 300R emite 1,309 g/km de CO, 0,076 g/km de HC e 0,096 g/km de NOx.

O chassi, do tipo berço semiduplo em aço tubular, proporciona resistência às torções e excelente dirigibilidade. O modelo é equipado com partida elétrica e bateria selada, isenta de manutenção periódica.

As suspensões dianteira, do tipo garfo telescópico com 130 mm de curso, e traseira, do tipo monoamortecida com 105 mm de curso, oferecem estabilidade e conforto. A CB 300R utiliza pneus esportivos largos e de perfil baixo, que garantem estabilidade, tração e aderência. Já as rodas de alumínio de cinco raios duplos e 17’’ possuem desenho exclusivo, reforçando a esportividade.

O painel traz tacômetro de ponteiro em combinação com velocímetro, hodômetros total e parcial e marcador de nível de combustível no display digital, além de luzes indicadoras da injeção eletrônica, neutro, farol alto, sinalizadores de direção e de diagnóstico do sistema ABS.

A motocicleta conta também com o Sistema Honda de Proteção, composto por shutter-key (fechadura adicional acionada com chave sextavada e combinações magnéticas) e comb-lock (trava do guidão combinada à chave de ignição).