Cluster de motos ganha força na ZFM

Os investimentos japoneses no PIM- P¢lo Industrial de Manaus nÆo devem ser interrompidos, mesmo diante das incertezas econ“micas e pol¡ticas que envolvem o mundo inteiro em decorrˆncia da guerra no Iraque, de acordo com informa‡äes da Cƒmara de Com‚rcio Nipo-Brasileira.

A manuten‡Æo dos investimentos do JapÆo no Amazonas est  garantida para este ano com a implanta‡Æo de mais 4 ind£strias voltadas para o fortalecimento do cluster de duas rodas no PIM. A continuidade dos investimentos nip“nicos no p¢lo de Manaus ganha novo impulso com a implanta‡Æo de mais 4 ind£strias na ZFM ainda este ano. De acordo com Teruaki Yamagishi, presidente da Cƒmara de Com‚rcio e Ind£stria Nipo-Brasileira do Amazonas, essas novas empresas deverÆo fortalecer o cluster de duas rodas, atuando diretamente neste segmento e como fornecedoras da f brica da Moto Honda em Manaus, uma das mais importantes do PIM.

Atualmente, os investimentos japoneses diretos no Amazonas representam uma fatia de 35% do total de aplica‡äes estrangeiras no setor industrial local, conforme dados fornecidos pela Cƒmara Nipo-Brasileira. Dentre as novas empresas que j  estÆo se instalando, estÆo a Musashi da Amaz“nia (que deve produzir eixos de transmissÆo e de comando de v lvula para o p¢lo de duas rodas, com um investimento inicial de R$ 18 milhäes e gera‡Æo de 64 empregos diretos); a Nippon (cujo investimento ser  de R$ 6 milhäes na produ‡Æo de pain‚is para o cluster); Leakless do Brasil, (com produ‡Æo de juntas para motor de duas rodas, investimento de $ 1,5 milhÆo e gera‡Æo de 30 empregos diretos) e a Keihin (j  inaugurada e projetando produzir 1 milhÆo de carburadores este ano e empregando 300 funcion rios).

Ao longo do desenvolvimento da ZFM (Zona Franca de Manaus), a disponibilidade da tecnologia e do conhecimento nip“nico na regiÆo se intensificou at‚ alcan‡ar os patamares de alto n¡vel hoje implantados. As 22 ind£strias japonesas instaladas no PIM correspondem a 20% do total de empregos gerados pelo setor industrial e cerca de 25% do faturamento de todo o parque industrial (que ‚ formado por mais de 400 empresas).

22 empresas de capital japonˆs estÆo hoje instaladas no p¢lo de Manaus e sÆo, na maior parte, integrantes do cluster de duas rodas liderado pela Moto Honda.