Marc Coma é campeão do Dakar 2014 - foto de Frederic Le Floch/DPPI

Dakar 2014: Marc Coma é tetra

Marc Coma é campeão do Dakar 2014 - foto de Frederic Le Floch/DPPI

Marc Coma é campeão do Dakar 2014 - foto de Frederic Le Floch/DPPI

Cyril Despres (Yamaha) venceu a 13ª e última etapa do Dakar 2014 mas quem leva o caneco da 36ª edição da mais difícil prova de rali do planeta é Marc Coma que teve um desempenho impecável desde o início desta edição do Dakar, aumentando a dinastia da KTM na prova, marca que não sabe o que é perder desde 2001. Para chegar ao quarto título Coma utilizou toda sua experiência nos mais de cinco mil quilômetros de especiais pela Argentina, Bolívia e Chile. Foi agressivo quando necessário, teve sorte, como qualquer campeão precisa, e poupou equipamento na hora certa, como nas duas etapas maratona, nas quais os competidores não puderam ter assistência das equipes. vencendo três (5ª, 9ª e 11ª) das 13 etapas.

Cyril Despres vence a etapa mas Coma leva o título - foto de Frederic Le Floch/DPPI

Cyril Despres vence a etapa mas Coma leva o título - foto de Frederic Le Floch/DPPI

Seu companheiro de equipe Jordi Viladoms aproveitou a oportunidade e fez nesta etapa um trabalho que lhe assegurou a vice-liderança geral na prova, garantindo a dobradinha da KTM nos degraus mais altos do pódio e completando a alegria da equipe austríaca. A terceira colocação geral  ficou com Olivier Pain (Yamaha), que assinalou na etapa de hoje o seu melhor resultado no rali. No ano passado , a KTM já havia feito uma dobradinha com Cyril Despres e Ruben Faria. Este ano, Marc Coma e seu fiel escudeiro Jordi Viladoms, que o acompanhou em seus sucessos de 2006 e 2009, foram os protagonistas da repetição.

Joan Barreda vence novamente e assume a liderança com folga de mais de 13 minutos sobre o segundo colocado, Cyril Despress - foto do arquivo pessoal do piloto

Joan Barreda fica em 7º na geral - foto do arquivo pessoal do piloto

A Honda por sua vez tentou, desenvolveu uma moto especial para a prova e contratou pilotos de comprovada competência, mas viu virar fumaça suas pretensões quando a moto de Paulo Gonçalves pegar fogo durante a 5ª etapa, deixando seu principal nome, Joan Barreda, sem seu escudeiro. A má fase culminou na 12ª etapa quando viu todas as suas chances de reação terminarem com o problema mecânico apresentado pela moto de Barreda, pane que quase o tira da competição.

Para a equipe brasileira da Honda, a 5ª etapa também foi devastadora, tirando da prova Jean Azevedo por problemas mecânicos e Dário Júlio por ter levado um tombo com lesões que impediram o mineiro de Lavras de continuar competindo. Dário já foi operado em São Paulo e se recupera bem.

Cyril Despres mais uma vez confirmou ser um dos grandes nomes do Dakar. Depois de cair para o 12º lugar na fase 5 e subir uma posição antes do dia de descanso, o cinco vezes vencedor da prova conclui esta edição do Dakar em uma honrosa 4ª colocação, logo atrás de seu companheiro de equipe Olivier Pain, fazendo a dobradinha da Yamaha em 3º e 4º lugares.

Jean Azevedo e Dário Júlio da Honda Racing Rally Team reprentarão o Brasil nas motos, no maior espetáculo off-road do planeta

Os representantes brasileiros Jean Azevedo e Dário Júlio da Honda Racing Rally Team abandonaram na quinta etapa

 

Hélder Rodrigues (5º), Joan Barreda (7º) e Daniel Gouet (8º), com a estreante Laia Sanz em 16º no geral, uma das melhores performances femininas na história do Dakar, apenas atrás de Christine Martin (10º em 1981) , Nicole Maitrot (14º em 1982) e Véronique Anquetil (15º em 1984), marcaram a presença da Honda na competição.

Apenas 78 das 174 motos que iniciaram a competição largaram para disputa do último trecho cronometrado de 157 quilômetros, entre La Serena a Valparaíso, no Chile. Coma não quis arriscar e acabou em 18º. O vencedor do dia foi o francês Cyril Despres (Yamaha), seguido de Joan Barreda (Honda) e Olivier Pain (Yamaha).

Na classificação geral, Coma terminou o Dakar 2014 com o tempo total de 54h50min53s, seguido do companheiro de equipe Jordi Viladoms e Olivier Pain (Yamaha). Cyril Despres completou sua participação em quarto e Helder Rodrigues (Honda), em quinto.

Resumo da 13ª e última etapa (19/1)
Percurso: La Serena (CHI) a Valparaíso (CHI)
Deslocamento: 378 km
Especial: 157 km
Total: 535 km

 

Mapa da décima terceira e última etapa do Dakar 2014

Mapa da décima terceira e última etapa do Dakar 2014

Resultado da 13ª  última etapa – Motos
1º Cyril Despres #1 (Yamaha) 1h57min14s
2º Joan Barreda #3 (Honda) +2min30s
3º Olivier Pain #6 (Yamaha) +3min10s
4º Helder Rodrigues #7 (Honda) +3min53s
5º Juan Pedrero Garcia #23 (Sherco) +4min05s

Resultado FINAL acumulado após 13 etapas – Motos
1º Marc Coma #2 (KTM) 54h50min53s
2º Jordi Viladoms #4 (KTM) +1h52min27s
3º Olivier Pain #6 (Yamaha) +2h00min03s
4º Cyril Despres #1 (Yamaha) +2h00min38s
5º Helder Rodrigues #7 (Honda) +2h11min09s
6º Kuba Przygonski #15 (Honda) +2h31m46s
7º Joan Barreda #3 (Honda) +2h54m01s
8º Daniel Gouet #26 (Honda) +3h10m34s
9º Stefan Svitko #19 (KTM) +3h50m10s
10 David Casteu #9 (KTM) +3h58m09s

Programação do Rally Dakar 2014

Mapa completo do Dakar 2014

Roteiro do Rally Dakar 2014

A você que acompanhou o Dakar 2014 através do Portal Motonline, muito obrigado pela sua companhia e esperamos você no Dakar 2015. Até lá …