Atuação quase perfeita tirou Soultrait do pódio

Dakar 2017, 1º dia: Soultrait ganha, mas não leva

O Paraguai é o 29° país diferente a sediar a largada da competição off-road mais difícil e desafiadora do mundo. O 39º Rally Dakar reuniu grande público hoje (2/1/2017) em Assunção para ver os 318 veículos iniciarem a prova. As 144 motos largaram primeiro rumo à cidade argentina de Resistencia, num etapa que percorreu 454 km, sendo 39 destes uma etapa especial cronometrada.

Com uma atuação quase perfeita, não fosse a velocidade excessiva num trecho de deslocamento urbano que lhe custou uma punição de 1 minuto, o francês Xavier De Soultrait (Yamaha #23) estaria liderando o Dakar 2017 nas Motos. Depois de abandonar o rally no ano passado, Soultrait voltou afiado com sua Yamaha e venceu a especial de apenas 39 km e deixou para trás favoritos como Juan Pedrero (Sherco) e Ricky Brabec (Honda), Joan Barreda e o atual campeão Toby Price. Ganhou, mas não levou.

Atuação quase perfeita tirou Soultrait do pódio (Foto: DPPI)

Atuação quase perfeita tirou Soultrait do pódio (Foto: DPPI)

Com a punição, Soultrait ficou com a 10ª posição nesta primeira etapa, mas já mostrou que pode dar trabalho. Na pista, Soultrait foi seguido pelo espanhol Juan Pedrero García (Sherco #12), que foi oficialmente o vencedor da etapa, seguido de dois pilotos oficiais Honda, Ricky Brabec (Honda #9) e Paulo Gonçalves (Honda #17). Depois veio uma KTM, com Sam Sunderland (KTM #14) seguido por Joan Barreda Bort (Honda #11), Matthias Walkner (KTM #16), Michael Metge (Honda #15), Gerard Farres Guell (KTM #8) e Ivan Cervantes Montero (KTM #25).

Juan Pedrero ficou com a vitória nesta primeira etapa (Foto: DPPI)

Juan Pedrero ficou com a vitória nesta primeira etapa (Foto: DPPI)

Toby Price (KTM #1) terminou a etapa na 17ª posição, 01:23 minuto atrás do líder, um tempo confortável para seguir na luta pelo Dakar 2017 nas próximas etapas. Price, cujo desempenho ficou aquém da expectativa geral, preferiu assegurar um posição confortável a por tudo a perder logo na primeira etapa.

Brasileiros

Os brasileiros foram muito bem. Nas quadriciclos o maranhense Marcelo Medeiros venceu a etapa com seu Yamaha YFM 700R, à frente de outros quatro quadris Yamaha. Nas motos, os três estrantes terminaram a etapa no meio do pelotão. Ricardo Martins (Yamaha #164) terminou esta primeira etapa na 54ª posição, enquanto Gregório Caselani (Honda #158) foi o 57º e Richard Fliter (Honda #159) chegou na 75ª colocação.

Amanhã a caravana do Dakar 2017 parte de Resistência em direção a San Miguel de Tucuman, já na Argentina, para cumprir um total de 803 km, sendo 275 de trecho cronometrado. Confira a classificação:

Classificação Dakar 2017 – 1ª etapa / MOTOS

P

#

Nome

País

Marca

1 12 Juan Pedrero Garcia Espanha Sherco
2 9 Ricky Brabec EUA Honda
3 17 Paulo Gonçalves Portugal Honda
4 14 Sam Sunderland Inglaterra KTM
5 11 Joan Barreda Bort Espanha Honda
6 16 Matthias Walkner Austria KTM
7 15 Michael Metge França Honda
8 8 Gerard Farres Guell Espanha KTM
9 25 Ivan Cervantes Montero Espanha KTM
10 23 Xavier De Soutrait França Yamaha
54 164 Ricardo Martins

Brasil

Yamaha
65 158 Gregório Caselani Honda
74 159 Richard Fliter Honda

Classificação Dakar 2017 – Geral / MOTOS

P

#

Nome

País

Marca

1 12 Juan Pedrero Garcia Espanha Sherco
2 9 Ricky Brabec EUA Honda
3 17 Paulo Gonçalves Portugal Honda
4 14 Sam Sunderland Inglaterra KTM
5 11 Joan Barreda Bort Espanha Honda
6 16 Matthias Walkner Austria KTM
7 15 Michael Metge França Honda
8 8 Gerard Farres Guell Espanha KTM
9 25 Ivan Cervantes Montero Espanha KTM
10 23 Xavier De Soutrait França Yamaha
54 164 Ricardo Martins

Brasil

Yamaha
65 158 Gregório Caselani Honda
74 159 Richard Fliter Honda

dakar-pronto



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.