Foto: Rodrigo

De olho na vitória, Team Honda chega à metade do Brasileiro de Motocross

Foto: Rodrigo

Foto: Rodrigo

Equipe est  na lideran‡a de trˆs categorias da principal competi‡Æo nacional da modalidade, sendo que a quarta etapa ser  neste final de semana em Canelinha (SC)

O Team Honda chega … metade do Campeonato Brasileiro de Motocross com f“lego de sobra. Dez pilotos defendem a equipe na disputa deste final de semana, a quarta etapa da competi‡Æo, que ser  realizada no Mot¢dromo Arthur Jachovicz, em Canelinha (SC). Os objetivos principais do Team Honda sÆo manter a lideran‡a das categorias MX2, MXJr e 85cc e retomar o primeiro lugar na classifica‡Æo da MX1, na qual o piloto Leandro Silva est  apenas a dois pontos do atual l¡der. Os treinos livres e cronometrados serÆo realizados no s bado e as provas, no domingo.

Os ponteiros do Team Honda sÆo Marcello “Ratinho”, que est  invicto na MX2, Thales Villardi (MXJr) e Cezar Zamboni (85cc) – piloto que fica fora desta etapa porque est  machucado. O paranaense Leandro Silva tem travado duelos acirr ados com JoÆo Paulino “Marronzinho”, tanto que os dois tˆm se revezado na lideran‡a da MX1. “O Marrom e eu estamos em uma briga bem direta. Nesse momento todo ponto somado ‚ essencial. Se eu conseguir vencer ser  melhor ainda”, comentou Leandro.

Ainda na luta pela MX1 est  Wellington Garcia, tamb‚m do Team Honda. O goiano, campeÆo de 2007, est  atualmente em terceiro e pronto para dar trabalho aos advers rios. Jean Ramos e Ratinho tamb‚m aceleram na bateria.

Na categoria 85cc, o sergipano Rodrigo “Lama” ter  a chance de alcan‡ar a ponta, que pertence atualmente ao companheiro de equipe Cezar Zamboni. Com a ausˆncia do matogrossense, Lama teoricamente deve encontrar um caminho mais tranqilo. “Estou me preparando bem. Sem o Zamboni vai ficar um pouco mais f cil. No entanto, a categoria conta com pilotos de muita qualidade que certamente vÆo da r trabalho, como o Everaldo Filho, tamb‚m do Team Honda”, previu o piloto. Zamboni soma at‚ agora 67 pontos, Lama, 59, e Everaldo, 47.

A pista de Canelinha nÆo est  entre as favoritas de Rodrigo Lama. “O terreno de Canelinha ‚ muito duro. Eu nÆo costumo andar bem l . Vou fazer o poss¡vel para me adaptar at‚ o dia da prova”, contou o piloto, que tem preferˆncia por solos mais macios.

Na MX2, o Team Honda entra na pista com Marcello “Ratinho”, disparado em primeiro lugar com 76 pontos. Jean Ramos e Dudu Lima completam o time na bateria. Apesar da vantagem de Ratinho, as corridas da MX2 tˆm sido bastante equilibradas e as vit¢rias nas etapas anteriores trouxeram ainda mais confian‡a ao paulista. “A minha expectativa para esta prova ‚ das melhores. Gosto dessa etapa de Canelinha. J  me dei bem l  outras vezes e espero repetir.”

Na MXJr, Thales Vilardi lidera com 68 pontos. Hector Assun‡Æo e Gustavo Takahashi completam a equipe. A situa‡Æo de Thales na frente da MXJr ‚ um pouco mais tranqila. Com 15 pontos de diferen‡a sobre o segundo colocado, ele espera fazer uma prova calma e administrar a vantagem sobre os advers rios at‚ o final do Brasileiro. “Essa pista de Canelinha ‚ bem dif¡cil. Isso atrapalha um pouco. No entanto, espero ter um bom desempenho para abrir ainda mais a diferen‡a e ficar tranqilo at‚ o final”, disse Thales.

Na categoria MX2 e MXJr as motocicletas utilizadas sÆo do modelo Honda CRF 250R. Na 85cc, os pilotos correm com a Honda CRF 150RB. Na MX1, eles utilizam a Honda CRF 450R.

Classifica‡Æo do Campeonato Brasileiro ap¢s trˆs etapas:

MX1 – 1 – JOAO PAULINO DA SILVA JUNIOR “MARRONZINHO” – 67 PONTOS
2 – LEANDRO SILVA – HONDA CRF 450R – 65 PONTOS
3 – WELINGTON GARCIA – HONDA CRF 450R – 47 PONTOS
5 РROOSEVELT ASSUNۂO Р35 PONTOS
4 – PIPO CASTRO – 31 PONTOS
7 – JEAN RAMOS – HONDA CRF 450R – 22 PONTOS
6 – THALES VILARDI – HONDA CRF 450R – 19 PONTOS

MX2 – 1 – MARCELLO “RATINHO” – HONDA CRF 250R – 76 PONTOS
2 – RODRIGO SELHORST – 52 PONTOS
3 – SWIAN ZANONI – 41 PONTOS
4 – JEAN RAMOS – HONDA CRF 250R – 39 PONTOS
5 – DOUGLAS PARISE – 34 PONTOS
9 – DUDU LIMA – HONDA CRF 250R – 22 PONTOS

85cc – 1 – CEZAR ZAMBONI – HONDA CRF 150RB – 67 PONTOS
2 – RODRIGO “LAMA” – HONDA CRF 150RB – 59 PONTOS
3 – EVERALDO FILHO – HONDA CRF 150RB – 47 PONTOS
4 – ENDREWS ARMSTRONG – 42 PONTOS
5 – EDUARDO RUDNICK – 33 PONTOS

MXJr – 1 – THALES VILARDI – HONDA CRF 250R – 68 PONTOS
3 – GUSTAVO AMARAL – 53 PONTOS
2 – ANDERSON CIDADE – 52 PONTOS
4 – HECTOR ASSUN€AO – HONDA CRF 250R – 44 PONTOS
5 – RODRIGO DE CASTRO RODRIGUES – 32 PONTOS
8 – GUSTAVO TAKAHASHI – HONDA CRF 250R – 24 PONTOS