Governo do Estado combate o comércio irregular de peças de motos

As secretarias da Fazenda e da Seguran‡a P£blica do Governo do Estado de SÆo Paulo e a prefeitura da Cidade de SÆo Paulo realizaram opera‡Æo conjunta de combate ao com‚rcio ilegal de pe‡as de motocicletas, na regiÆo central da Capital.

No in¡cio da “Opera‡Æo Cavalo de A‡o”, trˆs homens foram detidos em flagrante. A pol¡cia descobriu na rua Guaianazes, 467 uma cƒmera escondida que enviava imagens do movimento de entrada da loja para um dep¢sito nos fundos, onde no momento da a‡Æo estavam sendo desmontadas trˆs motocicletas, atr s de uma parede falsa.

O objetivo da opera‡Æo era justamente detectar e impedir o com‚rcio clandestino e recepta‡Æo de pe‡as de motos, origin rias de furto ou roubo. A a‡Æo se concentrou no quadril tero formado pelas ruas dos Gusmäes, Vit¢ria, Conselheiro N‚bias e Guaianazes.

Os trˆs homens foram encaminhados ao Departamento de Investiga‡Æo Sobre o Crime Organizado (Deic), acusados de recepta‡Æo e adultera‡Æo de ve¡culos porque as motos nÆo tinham identifica‡Æo.

Cinco motores com adultera‡Æo de identifica‡Æo foram apreendidos no mesmo local. No in¡cio da tarde, o Deic j  havia identificado um dos motores: pertencia a uma motocicleta roubada na quarta-feira, no bairro de Itaquera, na Zona Leste da Capital.

A for‡a tarefa reuniu 210 agentes p£blicos, dos quais 63 agentes fiscais de renda, da Secretaria da Fazenda, policiais civis e militares, integrantes da Guarda Civil Metropolitana, t‚cnicos da Sub-prefeitura da S‚ e do Contru (Controle do Uso do Solo).

Foram selecionados previamente 20 locais para serem vistoriados, mas a “Opera‡Æo Cavalo de A‡o” acabou se estendendo a outros 13 estabelecimentos. Somente num pr‚dio de dois andares, na rua Guaianazes, 372, havia cinco lojas, que nÆo possu¡am inscri‡Æo estadual nem documentos fiscais referentes …s mercadorias.

Todo o material foi apreendido pelos fiscais da Secretaria da Fazenda. Agora ser  feita uma an lise do material e dos documentos pelos fiscais o que poder  resultar em autos de infra‡Æo (multa), nos casos comprovados de sonega‡Æo fiscal ou irregularidades na documenta‡Æo. Se houver ind¡cios de recepta‡Æo de mercadoria furtada ou roubada ser  aberto inqu‚rito policial e a mercadoria ficar  … disposi‡Æo da Justi‡a.

Um balan‡o parcial elaborado pelos integrantes da for‡a tarefa indica que, al‚m das prisäes, nove lojas nÆo tˆm inscri‡Æo estadual, portanto estÆo impedidas de exercer atividade comercial, duas estavam fechadas e outras 22 estÆo regularmente cadastradas na Secretaria da Fazenda.

Foram apreendidas motocicletas usadas, sucatas, pe‡as e partes de motos. Para recolher o material apreendido foram necess rios dois caminhäes (um aberto e um ba£) da Prefeitura. As mercadorias apreendidas foram levadas para o dep¢sito do Posto Fiscal da Fazenda.