Foto: Divulgação/CBM

Grandes nomes participam do Latino de Motocross em Brasília

Foto: Divulgação/CBM

Foto: Divulgação/CBM

O Planalto Central vai tremer neste fim de semana. A 2ª etapa do Campeonato Latino-Americano de Motocross, categoria MX2, que acontece nos dias 29 e 30 de maio, no Guará/DF, está pronta para receber os melhores pilotos do Brasil e do exterior com promessas de grandes disputas dentro da pista. A prova acontecerá na “Pista do Cave”, a 10km de Brasília.

Entre os nomes já confirmados estão o do goiano Wellington Garcia, atual campeão brasileiro de motocross; o costarriquenho Roberto Castro, campeão latino em 2009; Thales Vilardi, Marcelo “Ratinho” Lima, Eduardo “Dudu” Lima, Leandro Nunes, Swian Zanoni, Jean Ramos e até mesmo o americano Scott Simon, vencedor da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2010.

“Estou bem fisicamente e preparado para fazer uma grande prova. Venho em um bom ritmo de treino e só preciso ter cabeça para não me machucar”, disse o mineiro Swian Zanoni, melhor brasileiro na etapa do Mundial de Motocross, em Canelinha/SC, no ano passado. “Acho que hoje estou mais experiente. Durante muitos anos deixei de conquistar resultados bons por falta de experiência. Cometia alguns erros até por imaturidade. Este ano está diferente, estou conseguindo respirar e andar mais tranquilo. Minha expectativa é a melhor possível para a etapa de Brasília”, completou o piloto de 22 anos.

Outro jovem piloto que promete alto nível na prova do fim de semana é o paulista Thales Vilardi. Recuperado de uma fratura no pulso, sofrida na abertura do Campeonato Brasileiro, em abril em Siqueira Campos/PR, Vilardi quer voltar ao ritmo do início do ano, quando foi apontado como um dos aspirantes ao título da competição.
“Estou bem melhor. Fui liberado pelo médico na semana passada e estou bem mais confiante. Desde que me machuquei em Siqueira, fiquei algum tempo parado, disputei o Arena e voltei a parar por umas duas semanas. Não parei com os treinos físicos e agora voltei a treinar com moto. Vou intensificar o treino de moto para chegar bem no Latino. Já consigo fazer minhas atividades normais e estou motivado”, declarou Vilardi.

A organização da etapa está a cargo da Federação de Motociclismo do Distrito Federal (FMDF), e, segundo seu presidente, Carlos Senise, pilotos e público podem se preparar para um grande evento. “Esta será a primeira vez que a região de Brasília vai receber pilotos deste nível e uma prova internacional de motocross. A expectativa é de uma grande festa e de uma prova excelente. A cidade do Guará é voltada para os esportes radicais, tem uma estrutura bem legal, o maior shopping da região, e fica a apenas 10km da capital”, disse Senise. “Na semana passada fechamos uma parceria com o canal Speed, que fará a cobertura do evento e a transmissão para 42 países da América Latina e Caribe. Agradeço ao deputado Alírio Neto, que foi o grande incentivador para trazermos esta etapa para o centro-oeste”, completou Senise.

Além dos pilotos e grande público, já estão confirmadas as presenças de alguns dos principais veículos especializados de imprensa do país e também do exterior, bem como ampla cobertura da mídia local. A supervisão da 2ª etapa do Campeonato Latino-Americano de Motocross é da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e da União Latino-Americana de Motociclismo (ULM).