Grupo Pão de Açúcar apóia dia mundial sem carro

De 10 a 30 de setembro rede Extra incentiva o uso de bicicletas com promoções especiais e passeios ciclísticos

O Grupo Pão de Açúcar apóia o Dia Mundial Sem Carro, comemorado pelos quatro cantos do mundo no dia 22 de setembro. Entre os dias 10 a 30 de setembro, a rede Extra oferece descontos especiais para quem quiser adquirir uma -magrela-, com direito a kit ciclista e opções de passeios ciclísticos pelas cidades de Niterói (20/09), Brasília (27/09) e Santos (12/10).

Para estimular o uso do transporte verde, bicicletas ARO 26 podem ser adquiridas na rede a partir de R$ 149,90 em 15 vezes sem juros. Além de preço e facilidade de pagamento, na compra de qualquer bicicleta ARO 26 o cliente ganha uma camiseta para ciclismo junto com duas unidades de bebida de soja ADES; na compra de uma bicicleta ARO infantil (R$ 74,90) o kit inclui um squeeze personalizado e bebidas ADES Nutrikids. Nas lojas exclusivas da marca de bem estar Taeq também será possível comprar bicicletas no período da campanha.

Segundo Paulo Pompilio, diretor de responsabilidade socioambiental do Grupo Pão de Açúcar, a empresa vem buscando cada vez mais atrelar seu negócio a políticas que promovam o consumo e a utilização dos recursos naturais de maneira mais consciente. “Temos um papel mobilizador da sociedade em razão da nossa atuação direta com o consumidor. Buscamos sensibilizar milhares de pessoas que frequentam nossas lojas facilitando seu acesso a práticas mais sustentáveis com os nossos programas, além de políticas de preço e crédito que facilitem esse acesso, como é o caso da nova campanha do Extra em prol do uso das bicicletas”, destaca.

Segundo alguns estudos, a poluição atmosférica é bastante preocupante porque, uma vez dispersa na atmosfera, não é mais possível contê-la. A queima de combustíveis fósseis, como gasolina e diesel, é uma das formas dessa poluição que afeta diretamente o clima e a qualidade do ar com a liberação de gás carbônico e monóxido de carbono (CO). A liberação de CO2 está associada ao aquecimento global; apenas um carro movido a gasolina libera, em média, 120 gramas de gás carbônico (CO2) por quilômetro rodado.

A ação conta com forte comunicação no ponto de venda, na revista Extra, comerciais nas principais TVs abertas, além de anúncio na mídia impressa dos principais jornais do Brasil. Apoio: Ades, Centrum, FIC e Taeq.

Sobre o Dia Mundial Sem Carro – O Dia Mundial Sem Carro surgiu na França, em 22 de setembro de 1997. Em 2000, a União Européia instituiu a Jornada Internacional “Na Cidade, sem meu Carro”, reunindo 760 cidades. Em 2001, 1683 cidades participaram. Encorajados pelo êxito da iniciativa do Dia Europeu sem Carros, a comissão organizadora lançou, em 2002, a Semana Européia da Mobilidade.

Em 2001, 11 cidades brasileiras aderiram ao Dia Mundial Sem Carro: Porto Alegre, Caxias do Sul e Pelotas (RS); Piracicaba (SP); Vitória (ES); Belém (PA); Cuiabá (MT), Goiânia (GO);Belo Horizonte (MG); Joinville (SC); São Luís (MA). Em São Paulo, a iniciativa é realizada desde 2005, sob a coordenação da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente.

Em 2007, protagonizada pelo Movimento, a campanha para o Dia Mundial Sem Carro engajou entidades de todas as regiões da cidade e despertou a atenção da população e do poder público para assuntos decisivos para a vida em São Paulo, como cidadania no trânsito, congestionamentos, respeito ao pedestre, segurança e poluição.