Honda faz palestras sobre pilotagem com segurança para o setor privado

Em apenas uma semana, aproximadamente 600 colaboradores de companhias de SÆo Paulo participaram de atividades voltadas … seguran‡a no trƒnsito.

A Moto Honda da Amaz“nia continua disseminando o conceito de pilotagem de seguran‡a entre os diversos segmentos da sociedade. Desta vez, instrutores do CETH (Centro Educacional de Trƒnsito Honda) promoveram uma s‚rie de palestras educacionais em empresas de SÆo Paulo. Num per¡odo de apenas uma semana de fevereiro aproximadamente 600 profissionais receberam informa‡äes sobre t‚cnicas de pilotagem defensiva.

Entre as companhias atendidas nessa etapa de atividades esteve a General Motors do Brasil, com sede em SÆo Caetano do Sul (SP). O foco inicial foi atingir os colaboradores que utilizam a motocicleta para se deslocar da casa at‚ o servi‡o, ou para o lazer.

Ao longo de dois dias, oito palestras foram ministradas, reunindo 415 participantes da empresa. Al‚m disso, devido … receptividade e ao envolvimento de todos, o CETH montou um espa‡o interno para esclarecer d£vidas dos mais de nove mil funcion rios da General Motors.

Outras trˆs companhias tamb‚m foram beneficiadas com as palestras, que abordaram temas como postura correta na pilotagem e a importƒncia do uso correto de equipamentos de seguran‡a.  o caso da Samsung, que atua nos setores de telecomunica‡äes, eletroeletr“nicos e tecnologia da informa‡Æo, e tem sede em Campinas (SP).

A DDL, fornecedora de raios e niples para a linha nacional de motocicletas Honda, com unidade em Valinhos (SP), e a Editora Europa, de SÆo Paulo (SP), tamb‚m foram atendidas com palestras educativas nesse per¡odo.

A realiza‡Æo constante de palestras ‚ um dos programas da Moto Honda da Amaz“nia para ampliar cada vez mais a conscientiza‡Æo no trƒnsito. O CETH tamb‚m organiza cursos com aulas te¢ricas e pr ticas em todo o Pa¡s. Desde a sua inaugura‡Æo, em 1998, o CETH de Indaiatuba (SP), j  atendeu quase 60 mil pessoas, entre motociclistas comuns, profissionais de ¢rgÆos p£blicos – Pol¡cia Militar e Corpo de Bombeiros – e empresas dos mais diversos segmentos.