Honda Titan 2010

Honda Titan 2010

EX, com rodas de liga leve, é a abreviação de exclusiva e substitui a versão ESD que sai de linha. Seu desenho segue o padrão da irmã maior CB 300. As laterais de suporte das pedaleiras em alumínio confere um visual mais encorpado ao modelo além de um diferencial de conforto ao garupa que tem seu apoio isolado da suspensão traseira.

A discutível carenagem do farol, agora conta com detalhes em preto que traz mais harmonia ao conjunto e remete mais em semelhança ao da CB 300. A nova cor Laranja metálico dá um visual bem diferente ao modelo e ainda conta com opção do vermelho, cinza metálico e preto.

O sistema MIX é o mesmo já aplicado em 2009 e para 2010 segue inalterado no motor OHC de 149,2 cm3 que nessa moto produz 14,2 CV a 8500 rpm e 1,32 Kgf-m de torque a 6500 rpm com gasolina. No álcool praticamente a mesma coisa, 14,3 CV a 8500 rpm e 1,45 Kgf-m a 6500 rpm. Seu preço sugerido está em 7.265,00.

A outra Titan normal continua nas versões KS e ES e também conta com as cores cinza metálico, laranja e preta. Permanece as rodas raiadas mas também vem com aplicação em preto na pequena carenagem.

Preços sugeridos: KS MIX = 6.326,00 e ES MIX = 6.780,00

A nova Fan recebeu o nome ESi e a motorização das 150. Assim termina produção do motor 125 na série CG. Sua potência é a mesma da MIX quando abastecida com gasolina e será produzida nas cores vermelha preta e cinza metálico continua com o farol e painel separados, com desenho convencional e que ainda conta com muitos adeptos.



Pioneiro no Motocross e no off-road com motocicletas no Brasil, fundou em 1985 o TCP (Trail Clube Paulista), que organizou a 1ª prova de enduro tipo FIM (Enduro da Mentira). Desbravou trilhas em torno da capital paulista enquanto testava motos para revistas especializadas. É editor técnico e consultor no Motonline.