Foto: Randy De Puniet, piloto da equipe LCR Honda RC212V na MotoGP

Honda visa pódio e boas classificações para o GP de Brno

Foto: Randy De Puniet, piloto da equipe LCR Honda RC212V na MotoGP

Foto: Randy De Puniet, piloto da equipe LCR Honda RC212V na MotoGP

Pilotos voltam da parada de verão com toda força para o segundo semestre da MotoGP

Depois de um pequeno recesso de verão, os pilotos da equipe Honda voltam para a disputa da MotoGP neste final de semana em Brno, na República Checa. Os pilotos da marca ganharam duas das últimas três corridas do calendário e dominaram a corrida da Inglaterra, com três das quatro primeiras colocações da competição.

Recuperado das lesões sofridas no primeiro semestre, o espanhol Dani Pedrosa, da Repsol Honda, usou a folga para treinar bastante e se preparar para as provas. -Estou me sentindo 100% recuperado e preparado para o segundo semestre. Foi um pequeno recesso, mas o suficiente para focar na busca de bons resultados-, disse o piloto. Para Pedrosa, Brno é um circuito que ele aprecia muito por ser bem técnico e exigente. Ultimamente, o piloto ganhou o GP dos Estados Unidos em julho e está em quarto colocado no ranking geral.

Já para Andrea Dovizioso ( 6º – Repsol Honda), o clima é de puro otimismo depois que o piloto italiano conquistou, há três semanas, sua primeira vitória no MotoGP, em Donington Park, Inglaterra. -Estou muito motivado, principalmente depois da vitória. Tenho certeza de que a equipe da Honda vai voltar muito otimista para o segundo semestre-, disse. -No recesso, fui para a praia e relaxei com os amigos, além de ter treinado para Brno, que é um circuito que tem um percurso bem difícil e rápido-, completou o piloto.

Além do 11º circuito da competição ser importante para a equipe Honda, o treino marcado para segunda-feira depois da prova também está na lista de prioridades de Pedrosa, Dovizioso e seus companheiros de equipe. Eles passarão pelo primeiro teste da competição desde junho.

Para Randy de Puniet, 8º no ranking geral, Brno será uma prova difícil. O piloto francês caiu da sua moto em treino e fraturou o osso do tornozelo esquerdo, precisando passar por cirurgia. -Pensei que depois da cirurgia, eu não competiria em Brno. Mas graças a um bom programa de reabilitação, vou participar da prova-, disse. O piloto estava em sua verdadeira forma. Na Inglaterra, ele pontuou e subiu no pódio pela primeira vez na competição.

Os companheiros de equipe Alex De Angelis (11º) e Toni Elias (14º), da San Carlo Honda Gresini, e Gabor Talmacsi (12º), da Scot Honda, também estão otimistas para o circuito em Brno. No último GP na Inglaterra, De Angelis terminou a prova em quarto lugar, enquanto Elias liderou por um tempo a corrida e permaneceu entre os primeiros até derrapar.