Jean Azevedo retorna para a categoria motos no Rally Dakar 2011

Jean Azevedo retorna para a categoria motos no Rally Dakar 2011

Jean Azevedo retorna para a categoria motos no Rally Dakar 2011

Jean Azevedo é conhecido no off road mundial por seus resultados expressivos em 16 anos de carreira como piloto em ralis. No início de 2008 o piloto da Equipe Petrobras Lubrax decidiu trocar o guidão da moto que pilotava pelo volante de um carro de competição. Desde então acumula o tricampeonato brasileiro de Rally Cross Country na categoria Carros. “Este ano resolvi voltar para a categoria motos para tentar ser mais competitivo na classificação geral da prova. Com o carro que tenho venci entre os estreantes no primeiro ano (2009) e terminei a prova (2010) ganhando experiência nesta nova categoria. Mas agora não tenho chances de uma boa classificação geral nos Carros e por isso deixarei um piloto novato tentar conquistar sua vitória em uma categoria estreante também. Dessa forma, a equipe fica com mais chances de resultados nas três categorias”, explicou Jean.

Segundo o experiente piloto, o investimento para competir com um carro é infinitamente maior do que em relação à moto. “Acredito que ainda posso trazer ao Brasil um bom resultado na categoria motos. Aproveitarei minha experiência de dez participações no Dakar nas motos para lutar por uma boa colocação na classificação geral do maior rali do mundo”, acrescenta Jean.

Embora tenha trocado de categoria para o Rally Dakar 2011, Jean assegura que no Brasil continuará andando entre os Carros e que está buscando recursos para a troca do carro para o Dakar 2012. “Não tenho porque retornar às motos aqui, pois mantenho uma boa constância de títulos nacionais. Logo que migrei para quatro rodas conquistei o campeonato e assim por diante. Hoje acumulo o tri em três anos participando nos carros, ou seja, 100% de rendimento e também acredito que no Dakar 2012 com um carro novo posso buscar um bom resultado na geral da prova”, ressalta.

O piloto da Equipe Petrobras Lubrax competirá a próxima edição do Dakar com uma motocicleta KTM 690. Na rotina diária do piloto já fazem parte as intensas preparações físicas e também com a moto. “Tudo em busca de uma boa preparação para enfrentar o Dakar após três anos fora das motos”, conclui Jean.

O Rally Dakar 2011 acontecerá novamente na América do Sul, tendo início em 1º de janeiro, em Buenos Aires (Argentina), passando pelo Chile e tem seu término previsto para 16 de janeiro, retornando à capital argentina.

Sobre o piloto Jean Azevedo
Nascido em São José dos Campos, interior de São Paulo, é irmão caçula de seu companheiro de equipe, André Azevedo. “Quando o André fez a primeira participação dele no Rally Dakar, comecei a competir de motocross no campeonato brasileiro na época com 12 anos”, explica.

Em 2008 Jean troca a moto pelo volante do carro da Equipe Petrobras Lubrax, após uma excelente carreira no motociclismo nacional (seis títulos no Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e cinco vitórias no Rally dos Sertões e também no Dakar com 2 titulos na categoria production e ate hoje o único brasileiro a vencer etapa na classificação geral). Logo em sua estreia na nova categoria, venceu o Campeonato Brasileiro entre os Carros, sendo o único piloto a acumular vitórias nos campeonatos nacionais em duas e quatro rodas.

Sobre a Equipe Petrobras Lubrax
Pioneira no esporte, a Equipe Petrobras Lubrax ficou conhecida por ter sido a primeira a ter participado do Rally Dakar, em 1988. Com o passar dos anos ela manteve a sua evolução e hoje é a única equipe do mundo a competir o Dakar em três categorias simultaneamente: moto, carro e caminhão. Também possui o maior número de vitórias no Rally dos Sertões: dez no total. Atualmente, a Equipe Petrobras Lubrax compete nas principais provas nacionais e internacionais, conquistando sempre resultados de excelência e representando com seriedade e dedicação o seu País.