Foto: Bitenca

Lâmpada, Strada, Dados técnicos, Teste das 600

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Olá, Gostaria de saber se a lâmpada motovision da philips está de acordo com as resoluções 227 e 294, relativas a iluminação automotiva, podendo ser usada sem problemas com fiscalização nas estradas e nas ruas. João, 50, Natal, RN
R: João, A Phillips divulga no seu material a respeito dessa lâmpada que ela segue as normas que regulam a iluminação noturna em automóveis e motocicletas. Há ainda nesse modelo um brilho diferente, multicolorido que chama a atenção do motorista para a presença da motocicleta em sentido contrário, pelo espelho retrovisor. Mais um item de segurança para os motociclistas. Boa solução.
Abraços

Bom dia,amigos da motonline eu gostaria de tirar umas duvidas,que eu tenho,eu sou mecanico de auto linha leve,eu tenho uma cbx strada 97,e ela travou o o rolamento do pinhao,eu tive q abrir o motor dela,agora eu vou faser o motor,reficar,trocar piston,retentores de valvulas,biels etc…como eu sou mecanico de auto eu mesmo desmontei,eu gostaria de algumas informaçao,alguns maçetes,ou alguem que possa passar algumas instruçoes,se tiver alguem que possa me ajudar,no mais,muito obrigado. Cláudio, 27, Cataguases, MG
R: Cláudio, O melhor a fazer é conseguir o manual de oficina dela. Motonliners do forum podem te ajudar nisso. Minha dica é que tome bastante cuidado com a limpeza, superfície das juntas devem estar bem limpas e sem marcas, atenção com o tensor da corrente e o ponto do comando de válvulas e verifique bem as condições do câmbio. Normalmente o que ocorre é o engate simultâneo de duas marchas, isso é o que faz travar o câmbio. Se travou o eixo secundário do pinhão boa coisa não deve ter ocorrido por lá. Os engates são feitos pela lateral das engrenagens que se acoplam umas nas outras, movidas pelos garfinhos. Cheque as condições deles também, um leve desgaste nas suas pontas já pode condenar a peça. Pode-se refazer o perfil dos engates com uma pequena pedra de mão (tipo Dremel) conferindo os ângulos para um engate mais perfeito, tire os arredondamentos dos pinos de engate para que a marcha entre sem rebater nos cantos arredondados. Pode-se também fazer um ângulo levemente negativo no par de pinos para favorecer a entrada da marcha em tração, se os cantos ficarem arredondados eles podem entortar os garfinhos. Teste a mudança de rodas as marchas antes de fechar as carcaças definitivamente, elas devem entrar com precisão e leveza. Não se esqueça de trocar os retentores das válvulas e procure sempre pelas peças originais para não ter surpresas desagradáveis.
Boa sorte,

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Sugestão: é difícil encontrar na WEB dados técnicos(quant. óleo bengala,folga de válvula…entre outras informações) das mais variadas marcas e modelos de motos. Porque vocês não disponibilizam essas informações, especialmente a mecânicos que possam se cadastrar no site?seria ótimo Obrigado. Lindomar, 39, Campo Alegre de Lourdes, BA
R: Idéia interessante a sua Lindomar, você já deve ter visto quantas lojas e oficinas temos cadastradas. Vamos passar para a área de desenvolvimento do site, obrigado.

Em primeiro lugar parabéns pelo excelente site! Bem, caros colegas do Motonline, tenho o valor suficiente para comprar uma moto 600cc, porém estou com muita dúvida de qual escolher, por isso, gostaria da ajuda de voces. Pra começar fica a sugestão de uma materia comparativa entre os tres modelos mais populares da Honda, Yamaha e Suzuki(não entendo por que até hoje ninguem fez um comparativo entre elas e principalmente entre a nova Hornet 600 e a nova Fazer 600, agora ambas nacionais). Gostaria de saber tambem em termos de roubo, se a Hornet é realmente 10 vezes mais furtada que as demais e se realmente em contrapartida ela tem as peças de reposição bem mais baratas. E por último queria saber se eu comprar uma Hornet 0 km e colocar uma bolha de proteção esta vai oferecer a mesma proteção contra o vento que a semi-carenagem de uma Fazer 600 S. Desde já agradeço pela atenção e espero que voces possam me ajudar. Atenciosamente, Daniel. 27, Santa Rosa de Viterbo, SP
R: Pois é Daniel, as montadoras parecem que fazem tudo para evitar esse encontro, mas continuamos tentando. Não temos estatísticas a respeito de furto de motos com esses detalhes e quanto às peças de reposição sugiro que faça uma pesquisa junto aos revendedores a respeito do preço de peças mais comuns como manetes, pedais de câmbio, freio, pastilhas de freio, relação de transmissão etc. Assim você tem uma base mais real na sua região. Quanto à proteção aerodinâmica, com certeza a de fábrica deve ser mais bem desenvolvida, especificamente para essa moto, em túnel de vento e com a pintura compatível. As bolhas adaptadas como acessório sempre vão se comportar como um acessório, mas podem resolvem satisfatoriamente o problema. A diferença pode ser imperceptível para o usuário comum, se for de boa procedência.
Boa sorte,