Joan Barreda vence a 10ª etapa do Dakar 2015 - foto de Marcelo Maragni

Marc Coma amplia vantagem na décima etapa

Retorno do Dakar à Argentina tem melhor dia de Jean Azevedo e vantagem ampliada do líder Marc Coma que aumenta para sete minutos a distância sobre o português Paulo Gonçalves.

Joan Barreda vence a 10ª etapa do Dakar 2015 - foto de Marcelo Maragni

Joan Barreda vence a 10ª etapa do Dakar 2015 – foto de Marcelo Maragni

O Rally Dakar 2015 retornou nesta quarta-feira (14) à Argentina, na cidade de Cachi, na província de Salta, com as posições inalteradas no Top 5 do acumulado das motos. A décima etapa, realizada em 371 quilômetros de trechos cronometrados e que abriu a primeira parte da segunda maratona – na qual os participantes não podem ter assistência externa na manutenção dos veículos – serviu para o tetracampeão Marc Coma ganhar gordura na liderança da categoria. O espanhol da KTM terminou a especial na segunda colocação, pouco mais de um minuto atrás do vencedor Joan Barreda (Honda), e aumentou a vantagem para o português vice-líder Paulo Gonçalves (Honda) na corrida contra o relógio.

Roteiro do Rally Dakar 2015

Roteiro do Rally Dakar 2015

Faltando apenas três especiais para o término da 37ª edição da prova, Coma possui 7min35s de distância sobre o luso. Apenas os dois devem protagonizar até o último dia a disputa pela primeira posição, já que o terceiro colocado, o chileno Pablo Quintanilla, da KTM, está mais de 31 minutos atrás do ponteiro.

Após ver na segunda-feira suas chances de título sumirem, Joan Barreda tem buscado terminar o rali da melhor maneira possível. Durante o trecho desta tarde, em uma altitude superior a 3.000 metros, o espanhol chegou na frente com 1min39s sobre o tetracampeão da equipe austríaca. No acumulado, o piloto Honda é apenas o 15º colocado.

Quem teve um dia empolgante foi o brasileiro Jean Azevedo, que completou em 18º lugar, a melhor colocação dele na atual edição do Dakar. Pelo segundo dia consecutivo o piloto da Honda South America Rally Team ganhou posições no acumulado e agora é o 23º.

“Fiz uma prova legal, com muitas ultrapassagens e estou feliz com mais um dia de superação. O trecho tinha de tudo: cascalho, terra, areia e goudron, uma espécie de piso que um dia já foi asfalto. Como estamos no meio da segunda maratona, não temos apoio da equipe para a manutenção da moto. Por isso, todo cuidado é pouco”, explica Jean.

Laia Sanz, também da Team HRC, quer entrar para a história como a melhor mulher na classificação do Dakar. Na etapa desta quarta-feira, ela terminou na 12ª posição. Na geral das motos, a espanhola está em oitavo, posição que garante o feito.

11ª etapa: A segunda parte da maratona da categoria motos será concluída nesta quinta-feira (15) com o trecho cronometrado de 357 quilômetros e chegada a Termas de Rio Hondo.

Resultados extraoficiais – 10ª etapa do Dakar – Motos
1º Joan Barreda (ESP) #2 (Honda) 4h07min11s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +1min39s
3º Ruben Faria (ESP) #11 (KTM) +1min57s
4º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +2min14s
5º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +3min46s
18º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +16min34s

Classificação geral extraoficial após dez etapas – Motos
1º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) 38h13min50s
2º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +7min35s
3º Pablo Quintanilla (CHL) #31 (KTM) +31min42s
4º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +32min06s
5º Stefan Svitko (SVK) #18 (KTM) +45min19s
23º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +6h10min15s

Seleção de imagens da 9ª e 10ª etapa:

Dakar2015_05_14_01

Dakar2015_04_14_01

Dakar2015_03_14_01

Dakar2015_02_14_01

Dakar2015_01_14_01

Dakar2015_06_14_01

Dakar2015_07_14_01

dakar