Marcos Moraes anuncia mudanças no Dunas Supercross de 2009

Marcos Moraes anuncia mudanças no Dunas Supercross de 2009

Marcos Moraes anuncia mudanças no Dunas Supercross de 2009

Unificação das duas categorias e a possível entrada de Goiás, Brasília e Minas Gerais são as principais novidades

O Dunas Supercross terá várias novidades para a temporada de 2009. A competição, válida como o campeonato brasileiro da modalidade, terminou no dia 13 em Barretos, interior de São Paulo, (Jorge Balbi foi campeão na SX1 e Jean Ramos ganhou na SX2) e a Dunas Race, empresa organizadora, apresentou importantes modificações para a próxima temporada.

A primeira delas é a unificação das duas categorias. Em 2009 a SX1 e a SX2 serão reunidas em uma cujo nome ainda está em estudos, mas deve ser SSX. Outra boa novidade é a presença de uma bateria intermediária de 50 ou 150 cilindradas. Assim, seguindo o exemplo de várias outras categorias do automobilismo e motociclismo pelo mundo, o Dunas Supercross tem o objetivo de formar pilotos para o esporte nacional.

“Com essa unificação, a premiação passará a ser o dobro da atual e teremos duas baterias no sábado. Ainda estamos definindo alguns pontos, mas assim nosso gate estará completo com os 16 pilotos, assim como as baterias de treinos e classificatórias que também estarão preenchidas. E o público ganha um atrativo a mais, pois teremos pista cheia o tempo todo”, afirmou Marcos Moraes, presidente da Dunas Race.

O organizador, que busca um patrocinador principal para apresentar o evento em 2009, também definiu que a competição continua a ser disputada no segundo semestre em cinco Estados diferentes. No entanto, com alterações em relação a este ano.

“Queremos um patrocinador que possa apresentar o campeonato, que terá provas em cinco cidades, as quais estamos estudando dentre alguns estados: Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Litoral de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal ”.

“Neste ano de 2008 tivemos um bom aprendizado e identificamos alguns mercados de público. Quanto aos pilotos, tivemos um bom número de inscritos em todas as cinco etapas e sentimos que a tendência é termos um gate cada vez maior”, disse Marcos.

“Gostaria muito de agradecer o apoio dos patrocinadores nacionais Honda e Ipiranga, assim como dos apoiadores regionais Vivo, Lebes, Nokia, Multiloja, Bunnet, Oakley, Ogio, Red Bull e Os Independentes, que estiveram conosco neste ano. Agradeço também o envolvimento da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e Confederações Regionais, que trouxe estabilidade na parte técnica, e com quem estamos finalizando negociações para, em 2009 e 2010, a competição continuar a valer como campeonato brasileiro de supercross”, finaliza Marcos Moraes.

O Dunas Supercross 2008 foi válido pelo brasileiro da categoria e tem patrocínio da Honda e Ipiranga, apoio de Bunnet e supervisão da CBM. O campeonato é uma realização da Dunas Race, empresa que organiza o Rally Internacional dos Sertões.