MarianaBalbi_2_23_06

Mariana Balbi é destaque no Mundial de MX Feminino

Mariana Balbi, primeira brasileira a participar de uma etapa do Mundial de Motocross Feminino, provou estar entre as melhores ao alcançar a quinta colocação no GP da Alemanha, realizado no fim de semana, dias 21 e 22, em Teutschenthal. O resultado foi bastante comemorado por ela e sua equipe.

Mariana Balbi fez bonito no Mundial de Motocross Feminino

Mariana Balbi fez bonito no Mundial de Motocross Feminino

“Encarei a quinta rodada da temporada sem muito tempo para me preparar, enfrentei adversárias já acostumadas umas com as outras e com o grau de dificuldade das pistas europeias. Mesmo assim, cheguei a andar na frente. Vi que tenho potencial, caso me dedique especificamente para a competição. Isso me deixou realmente empolgada”, explicou a mineira, de 27 anos.

No sábado, Mari concluiu a primeira bateria em terceiro, ficando atrás apenas da italiana, Chiara Fontanesi, e da australiana, Megan Rutledge, primeira e segunda colocadas na classificação. Já no domingo, a piloto terminou em oitavo. Um erro ao tirar os tearoffs, ainda na primeira volta, fez com que ela corresse o restante da prova sem os óculos, o que prejudicou seu desempenho.

“A pista estava ótima no primeiro dia de disputa, seca, esburacada e com canaletas. Fazia tempo que não enfrentava um traçado assim, mas busquei dar o meu melhor. No dia seguinte, o terreno estava muito molhado e o erro com os tearoffs foi determinante, acabei levando pedradas nos olhos, foi difícil. Mas de uma forma geral, foi muito positivo“, disse.

De volta ao Brasil na segunda-feira (23), Mari retoma os treinos para as competições no país. Seu próximo desafio será defender a liderança das categorias MX3 e MXF na terceira etapa da Copa Minas Gerais de Motocross, nos dias 26 e 27 de julho, em São Gonçalo do Rio Abaixo. A próxima rodada do Brasileiro acontece apenas em agosto. Nele, Mari é a terceira colocada na MX3.

Resultado do GP da Alemanha (soma das baterias)
1. Meghan Rutledge (Austrália) – 2-1
2. Chiara Fontanesi (Itália) – 1-2
3. Livia Lancelot (França) – 4-3
4. Stephanie Laier (Alemanha) – 5-4
5. Mariana Balbi (Brasil) – 3-8