Os pretendentes a disputar a Moto2 e Moto3 em 2014 superam em muito os lugares disponíveis no grid

Michelin será a nova fornecedora de pneus para a MotoGP

A Michelin será a única fornecedora de pneus para a categoria rainha do Campeonato Mundial de MotoGP a partir de 2016, conforme anunciou a Dorna Sports, promotora e organizadora da competição, com o apoio da Federação Internacional de Motociclismo (FIM).

A Michelin será a fornecedora oficial de pneus para a MotoGP a partir de 2016

A Michelin será a fornecedora oficial de pneus para a MotoGP a partir de 2016

“A nossa política de transferência de tecnologia das pistas para as ruas está em total sintonia com a  nova regulamentação técnica, que entrará em vigor a partir da temporada de 2016, impondo o uso de pneus de 17 polegadas. Gostaríamos de agradecer a todas as instituições envolvidas nesse processo, a confiança que hoje depositam em nós. É o reconhecimento da expertise da Michelin traduzida pelos  26 títulos de campeão mundial de pilotos”, afirma o diretor Pascal Couasnon do Michelin Motorsport.

Devido à participação das motos mais avançadas tecnologicamente, com mais de 250 CV de potência, o Campeonato Mundial de MotoGP, apresenta um elevado nível de performances, tanto mecânicas como dinâmicas. Participam da competição os melhores pilotos do mundo, cujos desempenhos estão diretamente relacionados à confiança que possuem em seus equipamentos, especialmente, em seus pneus.

“Visando a segurança dos pilotos e a superação das performances dos pneus, as  competições de motociclismo funcionam como verdadeiros laboratórios, onde as mais modernas tecnologias são submetidas a condições extremas, a fim de serem transferidas para uso comercial. No Brasil, somos patrocinadores do Moto 1000 GP, que em sua quarta temporada, levará as disputas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade a seis cidades brasileiras em oito provas, de maio a dezembro de 2014″, explica Rogério Cortes, Diretor de Marketing e Vendas de Pneus para Motocicletas da Michelin América do Sul.

Pra a Moto2 e Moto3 o fornecedor oficial de pneus continuará sendo a Dunlop.

Leia sobre a decisão da Bridgestone em se retirar da MotoGP:  clique aqui