Moto zero está 5,2% mais barata este ano

Mesmo com o fim da crise, com a retomada dos financiamentos a longo prazo e o aumento das vendas, o preço da moto zero continua em queda. Na verdade, a redução média do preço nos primeiros sete meses deste ano já é quase o dobro da queda verificada nos doze meses do ano passado.

O estudo AUTOINFORME/MOLICAR, que avalia o Preço de Verdade dos veículos de duas rodas (o preço realmente praticado no mercado), registrou uma baixa de 5,2% este ano. Durante todo o ano passado a queda de preços foi de 2,83%.

Em julho os preços caíram 0,89%; foi a quarta queda seguida no ano. Essa condição tem permitido a um maior número de pessoas o acesso à compra do veículo. Inclusive porque a maior queda verificou-se exatamente na marca que mais vende: a Honda, responsável por 72% da comercialização de motos no País, teve uma queda de 1,22% em julho, acumulando redução de preço de 6,67% nos sete meses deste ano.

Os preços da Yamaha caíram 2,17% de janeiro a julho e os da Suzuki 1,16%. Sundown (+5,61%) e Dafra (+ 2,05%), ao contrário, tiveram aumento de preço no ano, mas ambas apresentaram desvalorização em julho, o que indica um inicio de alinhamento à queda geral do mercado.

Evolução de preço por marca (acumulado / 2010)
SUNDOWN / 5,61
DAFRA / 2,05
SUZUKI / -1,16
YAMAHA / -2,17
HONDA / -6,67