Autódromo argentino Termas do Rio Hondo recebe homologação máxima da FIM

MotoGP™: enquanto isso, lá na Argentina …

O novo traçado argentino do autódromo “Termas de Río Hondo”, que servirá de palco ao Grande Prêmio Red Bull da República da Argentina em Abril próximo, obteve homologação máxima por parte da Federação Internacional  e da Dorna para poder receber a terceira etapa do Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2014.

Autódromo argentino Termas do Rio Hondo recebe homologação máxima da FIM

Autódromo argentino Termas de Rio Hondo recebe homologação máxima da FIM

Após a inspeção realizada esta semana pelo Responsável de Segurança da FIM, Franco Uncini, e pelo Diretor Geral de Eventos da Dorna, Javier Alonso, teve lugar na última terça-feira, uma coletiva de imprensa nas instalações do circuito onde se anunciou que a pista recebeu definitivamente a luz verde. Nesta apresentação estiveram também presentes o Chefe do Gabinete de Ministros, Elías Miguel Suárez, o Sub-secretário do Turismo, Ricardo Sosa, e os principais responsáveis do Autódromo de Las Termas de Río Hondo.

Com a pista totalmente finalizada e homologada, o novo traçado argentino deve agora terminar as obras na área de boxes e em outras infra-estruturas necessárias para a realização do Grande Prêmio, marcado para os dias 25 a 27 de Abril de 2014. Héctor Farina, responsável do autódromo, disse: “Temos trabalhado arduamente para atender a cada detalhe do circuito e também para todo o público que virá ao evento”.

Javier Alonso comentou: “As alterações vistas nas Termas de Río Hondo são incríveis e espectaculares, será um prazer ver a MotoGP aqui, já que teremos as melhores motos do mundo com os melhores pilotos”. Ele indicou também que isto permitirá que o traçado e a província de Santiago se posicione como uma referência mundial para a realização desse tipo de prova.

Por seu lado, Franco Uncini destacou que o circuito foi desenhado pensando nas corridas do Campeonato do Mundo: “é muito rápido e com um traçado muito especial em termos de velocidade, sendo muito atrativo para todos os pilotos”. Ele sublinhou ainda que “com estas características o Circuito Termas de Río Honda é único em todo o mundo”.

MotoGP não virá ao Brasil em 2014

MotoGP não virá ao Brasil em 2014

Se por um lado os argentinos estão felizes com a notícia da homologação do seu autódromo e a oficialização da realização da etapa do Campeonato do Mundo de MotoGP, aqui no Brasil as notícias são no mínimo desapontadoras. Na semana passada o Governo do Distrito Federal anunciou oficialmente que as obras de reforma do Autódromo Internacional Nelson Piquet, de Brasília, não estarão prontas à tempo de permitir a realização da tão esperada etapa brasileira da MotoGP – vide notícia publicada no Motonline com mais detalhes sobre o fato.

A arrasadora notícia teve grande repercussão nas redes sociais e a revolta reprovação dos aficcionados pela motovelocidade. Foi um “balde de água fria” na cabeça de todos que já tinham como certeza a realização da corrida no Brasil, tornando-se uma decepção muito grande.