NSK planeja ampliar participação no segmento de motos

NSK planeja ampliar participação no segmento de motos

NSK planeja ampliar participação no segmento de motos

A NSK Brasil – subsidi ria da gigante japonesa produtora de rolamentos – planeja aumentar sua participa‡Æo na  rea de aftermarket (reposi‡Æo) direcionada ao mercado de motos.

A empresa j  ‚ uma das principais fornecedoras do pa¡s para esta ind£stria, o que significa que as motos ao sa¡rem das montadoras j  levam os rolamentos da marca. Agora, o foco est  no momento em que as motocicletas j  estÆo com seus usu rios e ocorre a necessidade de troca da pe‡a. Estima-se que a frota nacional seja de mais de 5,4 milhäes de unidades, segundo pesquisas recentes do Sindipe‡as, tornando o mercado de motope‡as (pe‡as e componentes para ve¡culos de duas rodas) extremamente promissor.

A tendˆncia ‚ que o setor de motocicletas continue crescendo. Segundo dados da Abraciclo (Associa‡Æo Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), a venda de motos no pa¡s praticamente dobrou entre 2000 e 2005, ano em que foram comercializadas mais de um milhÆo de unidades. Para 2006, a expectativa ‚ de um aumento de 10%. Os resultados refletem a absor‡Æo da cultura da motocicleta como um meio de transporte eficiente, as facilidades de financiamento oferecidas aos compradores, o clima tropical favor vel e o fato de muitas pessoas estarem insatisfeitas com a rede de transporte p£blico e com os congestionamentos de carros nas grandes metr¢poles.

Foto: Aldo, executivo respons vel pelas a‡äes

Foto: Aldo, executivo respons vel pelas a‡äes

O aumento de frota circulante acarreta em um crescimento direto do mercado de motope‡as. SÆo itens como baterias, correntes, embreagens e, claro, rolamentos. “Hoje, o setor automotivo ‚ respons vel por 30% das vendas da NSK. Deste montante, 22% sÆo para o segmento de duas rodas. Nossa participa‡Æo ‚ realmente expressiva no mercado de rolamentos originais utilizados pelas montadoras. Freqentemente, somos premiados pela ind£stria como destaque entre os fornecedores. No entanto, nossa participa‡Æo na reposi‡Æo ainda ‚ pequena. Vamos reverter isso. Hoje, temos 5% deste mercado. Em trˆs anos, queremos deter 15″, declara Aldo Luiz Ferreira, chefe de vendas para o setor automotivo da Unidade Aftermarket da NSK.

Para atingir seus objetivos, a NSK est  reestruturando sua equipe interna com experiˆncia nesse segmento, que est  incumbida de definir e colocar em pr tica as a‡äes que se estenderÆo por toda a cadeia produtiva, desde o fabricante at‚ o vendedor-final. A empresa trabalhar  para acompanhar os novos lan‡amentos do setor, fornecendo o mix de produ‡Æo exigido pelos clientes para a reposi‡Æo, far  a‡äes espec¡ficas com distribuidores e at‚ mesmo com os mecƒnicos. “Quando o rolamento de um ve¡culo precisa ser trocado, o propriet rio dificilmente conhece a marca original utilizada, quem recomenda a melhor op‡Æo ‚ o mecƒnico. Portanto, nosso objetivo ‚ nos aproximarmos desse p£blico”, explica Aldo Luiz Ferreira.

Sobre a NSK Brasil
NSK iniciou suas atividades no Brasil em 1970. Foi a primeira f brica do grupo fora do JapÆo. Hoje, produz aproximadamente 50 milhäes de rolamentos por ano em sua f brica em Suzano (interior paulista). Al‚m disso, a empresa ‚ respons vel pela comercializa‡Æo no Brasil da linha completa de rolamentos fabricados mundialmente pela marca.

Sobre a NSK no mundo
O grupo japonˆs NSK, fundado em 1916, conta com 55 f bricas espalhadas pelo mundo, com um faturamento global anual de 5,4 bilhäes de d¢lares. A companhia est  presente em 25 pa¡ses e conta com mais de 20 mil colaboradores, produz praticamente todos os tipos de rolamentos, num total de 1,25 bilhäes de unidades anualmente