Pesquisadores da Intel otimizam Tecnologia que possibilita energia elétrica sem fios

Energia pelo ar: Os pesquisadores da Intel conseguiram progresso na transmissão wireless de energia.

A Wireless Resonant Energy Link Technology (WREL, ou Tecnologia para a transmissão sem fio de energia ressonante) já permite a transmissão estável da corrente elétrica para receptores em movimento. A transmissão pode ser feita em praticamente qualquer direção e em uma distância de até 70cm.

O cabo de alimentação e a bagunça dos fios, que fazem parte do dia a dia de muitas mesas, podem estar com os dias contados: a WREL pode transmitir energia elétrica pelo ar, sem a necessidade de cabos. Para que isso seja possível, a corrente elétrica é enviada por meio de uma bobina localizada no final da fonte e o campo magnético resultante ressoa em uma freqüência específica. Nessa freqüência, a bobina de recepção WREL pode coletar a energia e entregá-la ao dispositivo.

A Intel demonstrou pela primeira vez a WREL em 2008: o senior fellow e chefe do departamento de tecnologia da Intel, Justin Rattner, demonstrou um lâmpada de 60w iluminada sem qualquer cabo conectado a ela no palco do Intel Developer Forum (IDF). Desde então a Intel também demonstrou como a WREL pode ligar um notebook sem bateria ou fazer com que caixas de som toquem música sem cabos.

No Research@Intel em Mountain View, Califórnia, os pesquisadores da Intel Labs Seattle demonstraram que já podem mover o receptor na “zona mágica” (isso é, 70cm ao redor do transmissor WREL). Um algoritmo especial de rastreamento assegura o nível constante de energia. Além disso, o receptor já não precisa mais estar alinhado paralelamente com o transmissor. Os algoritmos adaptativos para a sintonização automática agora permitem que as bobinas do transmissor e do receptor fiquem a um ângulo de até 70 graus com a eficiência da transmissão permanecendo firme em 70 por cento.

Existe uma ampla gama de potenciais aplicações futuras para a WREL. Por exemplo, os transmissores WREL integrados a mesas poderiam carregar dispositivos móveis como telefones e notebooks automaticamente. O marca-passo cardíaco poderia extrair a energia por meio da WREL, tornando assim o uso de fios subcutâneos obsoleto. Controles remotos, fones de ouvidos bluetooth ou o teclado e o mouse também são dispositivos que se beneficiariam enormemente da energia wireless.

Sobre a campanha Apaixonados pelo Futuro
No Brasil, a campanha “Apaixonados pelo Futuro” reflete a visão da Intel de que tão importante quanto desenvolver a tecnologia em si é preparar o mercado e a sociedade para receber e aproveitar essa tecnologia. Por isso, a Intel está profundamente comprometida com todos os mercados onde opera. Desde sua chegada ao Brasil, há 22 anos, a Intel tem ajudado a preparar o país para o futuro – por meio de seu compromisso de levar ao mercado a liderança tecnológica, a inovação, e da contribuição contínua para a adoção da tecnologia, da melhoria na competitividade do mercado e da indústria local e da realização de fortes investimentos para o desenvolvimento do potencial humano por meio dos programas educacionais.

Sobre a Intel
A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e http://blogs.intel.com.