Foto: Veículos saindo do porto argentino em direção à Buenos Aires

Rally Dakar 2011 começa hoje para a Equipe Petrobras Lubrax

Foto: Veículos saindo do porto argentino em direção à Buenos Aires

Foto: Veículos saindo do porto argentino em direção à Buenos Aires

A largada do maior rali do mundo acontecerá somente em 1º de janeiro, mas para a Equipe Petrobras Lubrax o desafio já começou.

Foi durante a noite de ontem, terça-feira, que os integrantes da equipe que compete nas categorias moto, carro e caminhão, tiveram seu primeiro contato com os veículos.

“A moto, por exemplo, veio da fábrica austríaca direto para a Argentina, num barco da organização. Treinei no Brasil com uma motocicleta muito parecida, mas é claro que a moto da corrida é diferente. Portanto, o Dakar vai começar pra gente hoje por conta destes últimos ajustes”, explicou o piloto Jean Azevedo, que nesta edição do Rally Dakar optou por retornar à categoria Motos. Ele utilizará na competição uma KTM 690.

Antes da largada da prova na cidade de Buenos Aires, todos os competidores são obrigados a passar pelas vistorias técnicas e administrativas, para que a organização do rali possa checar equipamentos obrigatórios, documentos, entre outros detalhes.

“Vamos aproveitar o dia que antecede essas verificações para também fazermos o nosso check out, fazer o abastecimento dos veículos e a checagem de equipamentos. É o último momento que teremos para organizar todos os detalhes desta grande competição, que terminará apenas em 16 de janeiro”, acrescentou o experiente piloto de caminhão Tatra André Azevedo, que está em sua 24ª participação no Dakar e terá ao seu lado o navegador brasileiro Maykel Justo e o tcheco Mira Martinec.

Único estreante brasileiro

O piloto Marlon Koerich será o único estreante brasileiro no Dakar 2011. Ele assumirá o volante do carro da Equipe Petrobras Lubrax, assumindo o posto de Jean Azevedo, que desta vez estará entre as Motos. Desta forma, o competidor, natural de Florianópolis, poderá buscar o título da categoria “Rookie Challenge”, destinada aos participantes novatos.

Embora seja novo na equipe, Marlon já passou pela sua primeira etapa no Rally Dakar. “Ontem fomos buscar os veículos no porto de Zarate e só chegamos à noite no parque de assistência de Buenos Aires. Já deu para sentir a grandiosidade do rali pelo número de filas e pessoas. Ainda teremos um dia longo pela frente, realizando os pequenos ajustes necessários no veículo, afinal nosso primeiro contato foi apenas ontem”, contou.

Novo regulamento para navegação

Nesta edição do Rally Dakar, os organizadores decidiram dificultar ainda mais a parte de navegação. “Antes os pontos do GPS eram liberados com um raio de três quilômetros do ponto de passagem (WPM) obrigatório. Agora esse raio de distância diminuiu consideravelmente, desta vez para 800 metros”, contou o navegador do carro da Petrobras Lubrax, Emerson “Bina” Cavassin.

Esta mudança deu mais destaque à função do navegador, pois exigirá mais do co-piloto. “Vai ser difícil pra todo mundo a partir desta mudança”, conclui Bina, que fará sua segunda participação no Dakar.

A vistoria de todos os veículos da Equipe Petrobras Lubrax será realizada ao mesmo tempo, no dia 30 de dezembro, agendada para às 9h15 (horário de Brasília). Novamente, será a única equipe do mundo a competir em três categorias simultaneamente: moto (Jean Azevedo), carro (dupla Marlon Koerich/Emerson Bina Cavassin) e caminhão (trio André Azevedo/Maykel Justo/Mira Martinec).