Reclamação BMW - lubrificação de relação

Reclamação BMW – lubrificação de relação

Reclamação BMW - lubrificação de relação

Olá, só queria saber a posição da BMW sobre um serviço prestado pela sua concessionária Officer da Av JK em são paulo. Minha moto foi lavada nessa concessionária após a realização de um serviço. Ao retirar, percebi que não tinham lubrificado a corrente. Falei com o chefe da Oficina, Sr Ricardo, achando que tinham esquecido de passar o óleo após a lavagem. Pra minha surpresa, o Sr Ricardo informou que a lubrificação não faz parte da lavagem, é um serviço a parte, e me custaria R$20,00. Ainda questionei ele se naõ era padrão lubrificar a corrente após lavar e ele me disse que não. Falei “mas quando vcs lavam vcs tiram o óleo que tinha na corrente, não deveriam passar outro?” ele me respondeu “nós lavamos a moto,não a corrente”. Ia perguntar pra ele se minha corrente tinha chegado voando lá, e se não fazia parte da moto, mas preferi ir embora e lubrificar por conta própria para não brigar. Ah, só um detalhe, ninguém me ofereceu o serviço, eu mesmo vi que a corrente estava sem óleo nenhum, então se eu dependesse da concessionária, teria ido embora com a corrente sem óleo. Só gostaria de saber da BMW e da concessionária se isso está correto, se esse é o procedimento padrão deles mesmo. Mandei um e-mail pro SAC deles e falaram que iam verificar e não responderam mais. Quero saber se essa mesquinharia é padrão ou fruto de um mau atendimento. Thiago (31) São Paulo – SP.

R: A Assessoria de Imprensa da BMW respondeu: “Prezados Senhores, Acusamos o recebimento da mensagem enviada pelo Cliente Sr. Thiago Melhen Marques, em referência a prestação de serviços pela concessionária Officer Motorcycles na motocicleta BMW de sua propriedade, modelo F 800 GS, ano de fabricação e ano modelo 2009, de chassi WB10219059ZT76704.

Concernente aos pontos relatados pelo cliente em referida comunicação a BMW Group Brasil agradece pelo envio da mensagem do Sr. Thiago que nos permitiu o aperfeiçoamento dos serviços prestados por nossas concessionárias para o atendimento em excelência e aumento da satisfação de nossos clientes, objetivo maior de nossos esforços.

O Serviço de Atendimento ao Consumidor BMW permanece à disposição do Sr. Thiago para quaisquer esclarecimentos adicionais.

Atenciosamente,
BMW Group Brasil
Serviço de Atendimento ao Consumidor
0800 707 35 78 (2ªf a 6ªf das 9h00 às 16h00)”

A Concessionária Officer foi informada do ocorrido e o Gerente Sr. Fabiano enviou a mesma resposta da Assessoria de Imprensa.

Comentário: Pelo Código de Defesa do Consumidor em seu artigo 4º, há dois princípios básicos que devem ser respeitados na relação de consumo:

1) O princípio da transparência que se traduz na obrigação do fornecedor dar ao consumidor a oportunidade de conhecer os produtos e serviços que são oferecidos, propiciando-lhe o conhecimento prévio de seu conteúdo.

2) O princípio da transparência é complementado pelo princípio do dever de informar, que consiste na obrigação do fornecedor prestar todas as informações acerca do produto e do serviço, suas características, qualidades, riscos, preços, etc., de maneira clara e precisa, não se admitindo falhas.

No caso, o consumidor Thiago não foi informado no momento que adquiriu o produto lavagem da motocicleta, de que teria que adquirir o produto lubrificação da corrente.
O correto seria a lubrificação para não haver dano a motocicleta, o que não ocorreu.

É praxe no mercado, tanto na rede de concessionárias de todas as marcas como em lava – rápidos especializados na lavagem de motocicleta, lubrificar a corrente logo após a secagem da motocicleta sem qualquer custo ao consumidor dado a quantidade de óleo ou de graxa branca utilizada para tal.

O consumidor é o senhor da vez!

O canal está aberto a BMW para informar quais foram os aperfeiçoamentos pelos serviços prestados pelas concessionárias.