Foto: Rodrigo Selhorst e sua equipe fazendo festa pelo título da MX2

Rodrigo Selhorst chega em segundo e é campeão da MX2

Foto: Rodrigo Selhorst e sua equipe fazendo festa pelo título da MX2

Foto: Rodrigo Selhorst e sua equipe fazendo festa pelo título da MX2

A cidade de Cachoeiro do Itapemirim,ES, sediou nos dias 02 e 03 de agosto a sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross. Sob um forte calor de 36 graus o que não faltou foi emoção. Na categoria MX2, quem levou a melhor na prova foi Swian Zanoni, mas quem fez a festa mesmo foi Rodrigo Selhorst, que garantiu o título por antecipação.

O piloto da Oásis KTM largou em segundo e assumiu a primeira posição logo na terceira curva. Selhorst chegou abrir 5 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, Swian Zanoni, mas aos 10 minutos de prova, Selhorst começou a ter problemas com sua embreagem e viu Swian passá-lo sem maiores dificuldades. Daí pra frente, Swian apenas administrou a corrida para ficar com a primeira posição. Em segundo ficou Rodrigo Selhorst, que com o abandono de Marcello Ferreira de Lima foi coroado campeão. O terceiro lugar ficou com Eduardo Ferreira de Lima.

“Eu estou muito feliz, fiz uma boa prova hoje. Eu dedico esse título a minha equipe Oásis KTM e a todos que não acreditaram em mim. Para a minha equipe esse título é nosso, para os que não acreditaram em mim esse titulo é meu. Muito obrigado a todos”, disse o campeão Rodrigo Selhorst.

Muita expectativa cercava a largada da MX1. Quando os pilotos largaram, quem saiu melhor foi Leandro Silva. Logo na primeira curva, ele assumiu a primeira posição. Mas não demorou muito e o piloto da Honda acabou errando, entregando a posição para Marronzinho. Com a queda, Leandro acabou perdendo várias posições. Em segundo vinha Cristopher Castro, seguido de Roosevelt Assunção.

Aos 10 minutos de prova, Roosevelt fez uma bela ultrapassagem e conquistou a segunda posição. Daí pra frente, o líder da prova, João Paulino “Marronzinho”, teve uma prova tranqüila e levou a Protork à vitória. Em segundo ficou Roosevelt Assunção, seguido de Cristopher Castro. A ausência na prova foi Jean Ramos, que devido a um acidente nos treinos de sábado não correu. Com a vitória, Marronzinho tem 20 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, Leandro Silva.

Na categoria MX3,o domínio foi da Protork. A equipe conseguiu os três primeiros lugares da categoria. Em primeiro chegou Milton Becker “Chumbinho,em segundo Nico Rocha e em terceiro Elton Becker. A definição de quem leva o título da categoria está emocionante. A diferença do primeiro, Chumbinho, para o segundo Nico Rocha é de apenas 13 pontos. Em terceiro no campeonato vem Willian Aparecido.

A 85cc também teve um campeão antecipado. Rodrigo “Lama” chegou em terceiro e levou o troféu de campeão brasileiro de Motocross. O piloto da Honda chegou a liderar a corrida, mas foi ultrapassado por Cézar Zamboni e Endrews Armstrong. Daí em diante, Rodrigo teve apenas que administrar para ser campeão. Em primeiro chegou Cézar Zamboni, seguido de Endrews Armstrong e de Rodrigo “Lama”.

Na categoria 65cc, Kaio César de Miranda foi campeão de forma antecipada. Com a vitória na corrida, João Pedro Pinho Ribeiro empatou em número de pontos com Kaio. No critério de desempate, Kaio levou o título, pois tem mais vitórias que seu adversário. A corrida teve o seguinte resultado: João Pedro Pinho em primeiro, Kaio César de Miranda em segundo e Hallex Dalfovo em terceiro.

Na MXJr, o piloto da Honda, Thales Vilardi levou a melhor sobre o piloto da Protork, Anderson Cidade. Em uma prova muito disputada, Thales chegou apenas 3 segundos na frente da Anderson. Com o resultado, Thales Vilardi abre 19 pontos de vantagem para o segundo colocado Anderson Cidade. A decisão do título fica para a oitava etapa, em Rio das Ostras, RJ, que acontece nos dias 30 e 31 de agosto, em Rio das Ostras, RJ.

Resultados: MX1
1 – João Paulino da Silva “Marronzinho” (Protork) – 34:22:196
2 – Roosevelt Assunção (Protork) – 34:26:028
3 – Cristopher Castro (Yamanha Dunas) – 34:29:739
4 – Swian Zanoni (M3 FOX) – 34:33:178
5 – Leandro Silva (Team Honda) – 34:50:949

MX2 – 1 – Swian Zanoni (M3 FOX) – 34:35:577
2 – Rodrigo Selhorst (KTM Oásis) – 34:47:309
3 – Eduardo Ferreira de Lima (Team Honda) – 35:06:570
4 – Rafael Zenni (KTM Oásis) – 35:24:725
5 – Carlos Eduardo Mendes Franco (Master Motos) – 35:42:559

MX3 – 1 – Milton Becker “Chumbinho” (Protork) – 24:13:589
2 – Nicomedes Soares (Protork) – 24:14:659
3 – Elton Becker (Protork) – 25:12:334
4 – Willian Aparecido (Promotos) – 25:22:771
5 – Alexandro Valerim Martins (Toque de pele intima) – 25:31:467

65CC – 1 – João Pedro Pinho – 18:04:187
2 – Kaio César de Miranda (Fox) – 18:09:039
3 – Hallex Dalfovo (Webmotors) – 18:50:319
4 – Pedro Henrique Rosa Bueno (Vortx-Jarva) – 19:02:498
5 – Filipe Sorrentino Ribeiro Filipe – 19:09:888

85CC – 1 – Cézar Zamboni (Team Honda) – 24:16:370
2 – Endrews Armstrong (Tork Mitas) – 24:21:725
3 – Rodrigo “Lama” (Team Honda) – 24:22:785
4 – Eduardo Leopoldo Rudinick (Protork) – 24:33:130
5 – Leonardo Lizott (P.M Sertão) – 25:27:914

MXJr – 1 – Thales Vilardi (Team Honda) – 24:58:010
2 – Anderson Cidade (Protork) – 25:01:318
3 – Gabriel Bitencourt (Motoshop) – 25:01:795
4 – Rodrigo de Castro (Protork) – 25:04:244
5 – Higor Passos (Moto Litoral) – 25:43:418

CRF230 – 1 – Carlos Eduardo Mendes (Master Motos) – 21:08:489
2 – Marcos Roberto Roza (Novamoto) – 21:23:731
3 – Nivaldo José Viana (Gruposanmell) – 21:38:769
4 – Leandro Carlos de Lima (IMS) – 21:43:944
5 – Thiago Quintela (Detroit) – 21:44:738

Classificação do campeonato: MX1
1 – João “Marronzinho” Paulino – 137 pts
2 – Leandro Silva – 117 pts
3 – Wellington Garcia – 92 pts
4 – Roosevelt Assunção – 89 pts
5 – Jean Ramos – 70 pts

MX2 – 1 – Rodrigo Selhorst – 145 pts
2 – Marcelo Ferreira de Lima – 117 pts
3 – Swian Zanoni – 116 pts
4 – Jean Carlos Ramos – 80 pts
5 – Rafael Zenni – 63

MX3 – 1 – Milton Becker “Chumbinho” – 159 pts
2 – Nicomedes Soares – 146 pts
3 – Willian Aparecido – 88 pts
4 – Elton Becker – 85 pts
5 – Jorge Negretti – 79 pts

65CC – 1 – Kaio César de Miranda – 146 pts
2 – João Pedro Pinho – 120 pts
3 – Thiago Formehl – 108 pts
4 – Hallex Dalfovo – 103 pts
5 – Rodrigo Riffel – 93 pts

85CC – 1 – Rodrigo “Lama” – 146 pts
2 – Cézar Zamboni – 119 pts
3 – Everando Rodrigues – 105 pts
4 – Endrews Armstrong – 95 pts
5 – Leonardo Lizzot – 66 pts

MXJr – 1 – Thalles Villardi – 150 pts
2 – Anderson Cidade – 131 pts
3 – Hector Assunção – 94 pts
4 – Gustavo Pereira do Amaral – 91 pts
5 – Rodrigo de Castro Rodrigues – 80 pts

CRF230 – 1 – Carlos Eduardo Mendes – 128 pts
2 – Marcos Roberto Roza – 124 pts
3 – Person Pauleto – 68 pts
4 – Lucas Pagnocelli – 66 pts
5 – Nivaldo José Viana – 60 pts