Foto: Sandro Hoffmann

Sandro Hoffmann e Dário Júlio duelam pelo Brasileiro de Enduro de Regularidade

Foto: Sandro Hoffmann

Foto: Sandro Hoffmann

Capixaba lidera a competição após garantir a vitória nas etapas iniciais do campeonato

São Paulo (SP) – A corrida pelo título brasileiro de Enduro de Regularidade está apenas começando, mas os pilotos da equipe Honda Sandro Hoffmann e Dário Júlio não querem perder tempo. Neste final de semana, eles prometem um duelo acirrado por uma vitória no Enduro dos Pampas, em Taquara (RS), válido como terceira e quarta etapas do campeonato. Sandro ocupa a liderança da competição, após vencer o Enduro do Corisco, em Teresina (PI), que abriu o calendário da modalidade. O capixaba pretende utilizar todo o conhecimento de quem já disputou algumas provas na região para se sair bem sobre os adversários.

Em 2008, o Campeonato Brasileiro não passou por Taquara. Já em 2007, a prova fez parte do calendário e Sandro levou a melhor. O capixaba conta que o caminho deve conter muitas pedras e trechos que merecem atenção. “Neste ano, o primeiro dia será disputado em um trajeto circular, ou seja, voltaremos ao ponto da largada. Já no segundo, sairemos de Taquara e chegaremos à praia de Xangrilá. Isso significa que deveremos enfrentar um caminho de areia”, contou.

Foto: Dário Júlio

Foto: Dário Júlio

O experiente piloto, que soma 47 pontos até aqui, destaca também o clima úmido da região. “Mesmo se estiver seco vai ser difícil. A prova exige muita resistência”, completou o piloto, que enfrentará as trilhas com a motocicleta Honda CRF 250X.

Atual campeão brasileiro, Dário Júlio irá fazer uma prova de recuperação, já que está em quarto lugar com 35 pontos, 12 a menos que o companheiro de equipe. Para ele, o grande volume de pilotos da região que costuma disputar a prova pode ser até positivo. “Se eu conseguir o primeiro lugar e eles ocuparem as próximas posições, posso me equilibr ar mais em número de pontos com os meus adversários.”

Dário conta que se dedicou muito aos treinos esta semana, além da disputa da primeira etapa do Campeonato Mineiro, no último final de semana, que também ajudou na preparação. “Tenho que me recuperar do resultado de Teresina. Treinei bastante, inclusive com o solo molhado, depois da chuva que tivemos aqui em Minas para me acostumar, pois todas as provas que disputei no Sul, mesmo quando não estava chovendo, o terreno costuma ser escorregadio”, descreveu o mineiro.

Esta será a primeira etapa do Brasileiro que o piloto irá disputar com nova motocicleta Honda CRF 230F modelo 2009. O primeiro teste da máquina foi no último final de semana, na abertura do Campeonato Mineiro. “A moto está ótima. Ela é praticamente a mesma de 2008, só que mais justinha.”