Foto: Jean Ramos, piloto da MX2 do Team Honda no Arena Cross

Team Honda corre por títulos do Arena Cross neste sábado

Foto: Jean Ramos, piloto da MX2 do Team Honda no Arena Cross

Foto: Jean Ramos, piloto da MX2 do Team Honda no Arena Cross

O Team Honda quer aproveitar a chance de garantir dois títulos antecipados no Arena Cross.

Jean Ramos, na MX2, e Rodrigo “Lama”, na 85cc, podem garantir a vitória já na sétima etapa, que será disputada em Apucarana (PR), neste sábado (20). Na MX1, a corrida pelo título segue entre dois pilotos da equipe, Leandro Silva e Wellington Garcia. A categoria terá duas corridas, já que na última etapa a prova foi cancelada por conta da chuva. A competição será realizada na Nortox (km 197 da Rodovia BR 369), a partir das 19h. Os ingressos podem ser trocados por dois quilos de arroz na concessionária Honda Usso Motors.

O curitibano Jean Ramos está pronto para acelerar forte e conseguir o troféu em seu Estado. Campeão do Latino-Americano de Motocross da classe, o piloto segue em busca d e seu segundo título da temporada. Com 101 pontos somados até agora, Jean tem uma grande vantagem sobre o segundo colocado, o companheiro de equipe Marcello “Ratinho”, que está com 78. Como está machucado e não poderá disputar a etapa, o paulista abriu ainda mais o caminho para o primeiro colocado subir ao lugar mais alto do pódio.

“O Arena foi um campeonato bastante disputado. Na primeira etapa fiquei um pouco nervoso. Depois tive alguns problemas na segunda corrida e, da terceira em diante, melhorei meu rendimento. As três vitórias consecutivas nas últimas fases foram fundamentais para conseguir uma boa vantagem”, explicou.

O piloto está muito feliz em ter a possibilidade de ganhar o título no Paraná. “Com certeza o público de Apucarana estará torcendo pelos pilotos paranaenses. Será um grande espetáculo”, finalizou Jean. Thales Vilardi, D udu Lima, Gustavo Takahashi e Hector Assunção completam o Team Honda no gate de largada da MX2.

85cc – Rodrigo Lama também pode faturar o segundo título do ano na 85cc. Para isso, ele precisa conseguir o primeiro lugar nos treinos cronometrados – que garante um ponto extra – e o segundo lugar na prova. O sergipano já é dono do título do Campeonato Brasileiro de Motocross e, além disso, segue em busca da vitória no campeonato Estadual de Sergipe. Como na competição regional o piloto utiliza a motocicleta Honda CRF 450R, ele diz que está um pouco desacostumado com o modelo Honda CRF 150RB, utilizado no Arena.

“Desde o final do Brasileiro não ando com a moto de 150cc. Consegui treinar pouco esta semana, mas espero um bom resultado. Este ano, o campeonato foi muito equilibrado. Estou bem perto do título. Não posso cometer nenhum erro neste momento”, comentou. Cézar Zamboni e Everaldo Filho também seguem bem na competição. Zamboni está em terceiro lugar, com 59 pontos, encostado no segundo colocado, Andrews Armstrong, com 60 pontos. Everaldo ocupa o quarto lugar, com 58.

MX1 – O curitibano Leandro Silva segue na briga pela categoria MX1. Em primeiro lugar com 86 pontos, o piloto tem como principais concorrentes o companheiro de equipe, Wellington Garcia, em segundo, com 74 pontos, e Roosevelt Assunção, em terceiro, com 70. Excepcionalmente, a etapa deste sábado terá duas baterias da MX1. Na última fase, em Indaiatuba, a prova teve de ser cancelada por conta da chuva. “Apesar de mais cansativo, eu até prefiro duas baterias em um mesmo dia. No ano passado já era assim. Acredito que tenho chances de chegar ao título neste sábado ou então ficar bem perto. Estes últimos dias foram um pouco corridos, pois além do Arena, tam bém estou focando os treinamentos para o Motocross das Nações, na Inglaterra, que será disputado na próxima semana”, contou.

O piloto acredita que seus dois adversários farão uma boa prova para se aproximar do primeiro lugar. “O Wellington está mais próximo, porém está voltando agora de uma lesão. Acredito que o Roosevelt apresenta grande perigo e pode preocupar.”

O Team Honda tem apoio da Mobil, Pirelli, Showa, ASW, Polisport, Riffel, Consórcio Nacional Honda, Oakley, Orbital, D.I.D., NGK, Master Freios, Pro Taper, Reebok e Griffe Correa.