Foto: Balbi, piloto da SX1 do Team Honda no Brasileiro de Supercross

Team Honda encara disputa equilibrada na etapa catarinense do Supercross

Foto: Balbi, piloto da SX1 do Team Honda no Brasileiro de Supercross

Foto: Balbi, piloto da SX1 do Team Honda no Brasileiro de Supercross

Equipe pretende manter liderança da categoria SX1 e correr em busca da ponta na SX2 nas corridas de Joinville

O Team Honda encara disputa equilibrada na terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Supercross, que tem como palco a cidade de Joinville (SC), no próximo sábado. Na liderança da categoria SX1, com Leandro Silva em primeiro e Antônio Jorge Balbi Júnior em segundo, a equipe corre em busca da ponta na SX2. O paranaense Jean Ramos, atualmente na segunda colocação, tem chances de garantir o resultado. O público pode esperar um grande espetáculo marcado para as 20h, no Centro Comercial Expoville. Os ingressos antecipados estão disponíveis nas concessionárias Honda de Joinville por 10 reais, sendo que custarão o dobro se comprados no local do evento.

O equilíbrio é a marca na categoria SX1. O mineiro Balbi, que disputa a temporada norte-americana de supercross e de motocross, começou a competição na frente. Na segunda etapa foi superado pelo paranaense Leandro, que soma 46 pontos, três a mais que o companheiro de equipe.

Leandro considera a etapa de Joinville uma das mais importantes. “Estamos entrando na segunda metade do campeonato. Vou tentar mais uma vez me sair bem. O Balbi é um excelente piloto e certamente será uma prova muito disputada.” O paranaense, que já levou para casa o título do Arena Cross na categoria MX1, agora se dedica totalmente à competição. “Na primeira etapa tinha condições de vencer, mas acabou não acontecendo. Na seqüência, me concentrei melhor e consegui partir para cima. Vou fazer o mesmo em Joinville”, prometeu.

Outro competidor do Team Honda que merece atenção especial é Wellington Garcia, o atual campeão nacional de supercross da SX1, que está na sétima colocação com 16 pontos. Vale lembrar que o goiano passou por uma cirurgia no pé na metade da temporada e que o Brasileiro de Supercross é formado por cinco etapas.

Jean Ramos segue na vice-liderança da SX2 e conseguiu manter um bom desempenho nas duas primeiras etapas. Na última, disputada em Curitiba, faltou pouco para o piloto da casa alcançar o lugar mais alto do pódio. Jean soma 40 pontos, enquanto o líder Swian Zanoni possui 52.

Para o piloto do Team Honda alcançar a liderança, ele precisa de uma vitória, além de contar com um tropeço de Swian – que teria de chegar em quarto lugar. “Sei que tenho chances. Nas primeiras etapas, acho que faltou um pouco de concentração e também de sorte. Desta vez não quero deixar escapar. Vou me preocupar com a largada, porque esse fator é fundamental no Supercross”, lembrou o atual campeão latino-americano de motocross da categoria MX2. O Team Honda entra ainda na pista da categoria SX2 com Thales Vilardi e Dudu Lima.

Confira a programação*:
Sábado (01/11)
14h – Treinos Livres
16h – Treinos Classificatórios
19h – Repescagem
20h – Abertura oficial
20h15 – Prova SX2
21h – Prova SX1

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

O Team Honda tem apoio da Mobil, Pirelli, Showa, ASW, Polisport, Riffel, Consórcio Nacional Honda, Oakley, Orbital, D.I.D., NGK, Master Freios, Pro Taper, Reebok e Griffe Correa.