Foto: Divulgação

Trilha do Morcego e areal na chegada marcaram último dia das motos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O quarto e último dia, nesta sexta-feira (28), para as motos entre Ubajara-CE e Jericoacoara-CE, foi de 251 Km com as etapas da manhã e tarde terminando em Jijoca , município no litoral cearense e famoso pela praia de Jericoacoara. Ao acordarem, muitos dos pilotos estreantes no maior enduro de Regularidade da América Latina, se depararam com uma neblina cerrada. Ubajara, cidade conhecida por abrigar o menor Parque Nacional do País, é um oásis verde com clima fresco (17-28°C) a quase 900m acima do nível do mar, encravada na Serra da Ibiapaba ou Serra Grande. Foi desse paraíso verde e montanhoso que os competidores começaram a prova em meio a 18 graus de temperara.

O dia foi válido como etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade da CBM e aqueles que estavam competindo prometiam ter muita atenção e técnica para errar o mínimo possível. As trilhas exigiram muita navegação dos pilotos. A descida da Serra do Morcego, em Tianguá, foi um dos pontos altos “literalmente”, com uma trilha composta 64 cotovelos (curvas) em uma descida íngreme de 300 metros. Antonio Carneiro, morador do local, que mostrou a trilha para o diretor geral de prova Ehrlich Cordão, estava lá para poder acreditar que as motos iriam passar por ali. “Tenho 57 anos e nunca pensei que fosse ver isso por aqui”, falou admirado.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No neutralizado de Granja-CE, os pilotos falavam com satisfação dos trechos. “Estou feliz demais, a direção sempre se supera e a cada ano o Piocerá/Cerapió fica melhor”, afirmou Wagner de Sousa Oliveira, paraense da equipe Oliveira Motos, da categoria Junior. O paraense se diverte nas provas, quem o vê passando, até parece que ele está “passeando”, pilotando sua motocicleta e um detalhe: jamais tira seus óculos escuros.

Quem também estava satisfeitíssimo com os resultados era Heleno Gontijo de Sousa, mineiro de Divinópolis, competidor da equipe Compass, na Over 40. “Essa foi a melhor das edições do evento que já participei. Tudo estava bom demais… e eu quero muito ficar numa boa colocação, afinal estou concorrendo ao Brasileiro”. Até as etapas de quinta-feira (27), Heleno estava na 11ª colocação em sua categoria.

A nova categoria de duplas foi uma das mais elogiadas pelos competidores. Omar Barroso Maia Júnior e Antônio José Ribeiro Barbosa são de São Luís, Maranhão, e exibiam com orgulho a medalha de participação do rally. A categoria foi criada ou recriada este ano para aqueles que nunca competiram. Mas para quem se lembra das primeiras edições do Piocerá, nos anos 80, foi exatamente com as duplas que o evento começou. Cada plioto que chegava em Jijoca era aplaudido pelos populares. Depois de receberem a medalha, os participantes seguiram para Jericoacoara, onde neste sábado (29) receberão os troféus na festa de premiação.

Izabel Lins – Aldeia Com.