11_multistrada_enduro

Video da Nova Ducati Multistrada 1200 Enduro

O lado selvagem da Ducati Multistrada 1200 Enduro – uma aventura – teste para verificar a qualidade do equipamento desenvolvido pela Touratech. A surpresa foi a moto.

O CEO da empresa, Herbert Schwarz dá entrevista sobre sua aventura e revela suas impressões a respeito da motocicleta, a nova Ducati Multistrada 1200 Enduro.

Ele saiu da Croácia numa unidade de pré-produção. Na entrevista ele diz: “Sai de Dubrovnik, passando por Montenegro, depois pela Albania rodando por 2.500 km para testar os produtos que estamos desenvolvendo para a Ducati, conhecer a região e verificar o comportamento da moto. Passamos por estradas não pavimentadas, cruzamos riachos, estradas com pedras e a moto sempre apresentou boa dirigibilidade. O modo Enduro de pilotagem se mostrou de grande ajuda e o motor, muito potente foi capaz de superar todas as pedras pelo caminho, com muita fluidez. O ABS ajustado para uso off road e o “traction control” quase desligado, permite andar por onde quiser. Viajei da Alemanha para Bolonia ida e volta num único dia, fazendo a volta pelos Alpes num percurso de 1300km e percebi o assento muito confortável, a moto se apresentou como uma verdadeira moto estradeira mas que permite boas incursões off-road – Levei duas malas laterais com equipamento para camping, carregador de bateria, cerca de 15 kg em cada lado e ainda adicionei uns 10 kg por cima. Um tank bag sobre o tanque com outros 12 kg. A moto estava toda carregada e se comportou bem. Posso dizer que é uma grande moto para viagens enduro, eu realmente adorei”.

A Moto tem tanque de combustível de 30 litros, com autonomia próxima de 450 quilômetros. As rodas são raiadas com 19 polegadas na frente e 17n na traseira, conta com suspensão eletrônica semi-ativa Sachs com 200mm de curso nas duas rodas, freios com ABS para curvas, controle de tração Ducati (DTC), controle anti wheeling da roda da frente. Leia tudo sobre o lançamento

O vídeo está em inglês com legendas em italiano



Pioneiro no Motocross e no off-road com motos no Brasil, fundou em 1985 o TCP (Trail Clube Paulista). Desbravou trilhas em torno da capital paulista enquanto testava motos para revistas especializadas.