Yamaha 250, Amaciamento e Veneno na Yes

Yamaha 250, Amaciamento e Veneno na Yes

Yamaha 250, Amaciamento e Veneno na Yes

Sobre a poss¡vel YAMAHA 250, vc j  falou que poderia ser equipada c/ o motor da SEROW 250 que tem comando simples e duas v lvulas; pesquisando na web, este motor desenvolve 21cv a 7500 rpm e tem torque de 2,14kgf.m a 6500 rpm. A XT 225 nacional que saiu (ou vai sair) de linha tb tem motor de comando simples e duas v lvulas, e desenvolve 19cv a 8000 rpm e torque de 1,8 kgf.m a 7000 rpm (j  li at‚ que tem 18cv a 7500 e 1,78 kgf.m a 6500). Sendo assim, a diferen‡a de potˆncia entre os dois ‚ pequena, por‚m o torque tem uma diferen‡a at‚ que consider vel, e vc j  fez um coment rio sobre a SEROW 250 que “‚ uma del¡cia de pilotar,porque oferece muito torque em baixa rota‡Æo”. Te pergunto: a diferen‡a entre esses dois motores seria somente esse ganho no torque, ou o motor da SEROW ‚ um motor totalmente novo, c/ tecnologia + avan‡ada? Outra coisa, pesquisei sobre a XJ 250 e ¤ achei nada, s¢ tem sobre XJ 600, XJ 900…, algu‚m tem alguma dica de site que tenha fotos dessa moto?
Ricardo H. Quaglia
Campinas – SP
Gil, a Serow 250 ‚ vendida no JapÆo e o site ‚ www.yamaha-motor.jp . A foto est  a¡ para vc curtir. Ricardo, quer ser meu assessor? Caramba, vc matou a cobra!  isso mesmo, fui fu‡ar e achei a Serow 250 2005, mas tamb‚m achei a TT-R 250 americana. Tenho um palpite que ser  o motor da Serow mesmo O motor ‚ totalmente diferente da nossa XT 225 e nÆo creio que a Yamaha do Brasil manteria a potˆncia tÆo pr¢xima. Se vc pesquisou no site da Yamaha JapÆo, lembre-se que l  os motores sÆo “estrangulados” por causa das emissäes reduzidas. A versÆo street dever  se chamar FZR 250 e nÆo existe similar em outros mercados.

Amaciamento
Sou o FELICÖSSIMO propriet rio de uma Hornet e gostaria de amaci -la com capricho, de forma que ela continue “violenta” depois de milhares de quilometros. Como devo proceder para amaciar essa M quina, pois acho que o manual exagera na forma de amaciar, tenho medo de minha Hornet ficar frouxa (Deus me livre). O manual diz pra nÆo ultrapassar 5000 rpm nos primeiros 1000 km, chegar at‚ os 7000 rpm entre 1000 km e 1600 km e s¢ depois extrapolar at‚ os 13000 giros. Mas nÆo consigo andar a rid¡culos 120km/h at‚ chegar os 1000 km.
F bio Pedrosa
Tucuru¡/PA

Veneno na Yes
Eu tenho hoje 42 anos e nÆo andava de moto desde os 20. O seu site me ajudou muito nesta “retomada” de juventude, causando a compra de uma Yes 125. Valeu mesmo. TÆo falando bem demais da Suzuki Yes 125, e ‚ tudo verdade. O unico problema da pequena moto ‚ o baixo desempenho comparada as outras 125. Neste site j  se falou muito sobre “macetes” para aumentar o desempenho, mas numca ninguem explicou como. Voce poderia dar uma explica‡Æo “basica” sobre qual o melhor caminho a ser tomado para esta melhora de desempenho? Por exemplo no carburador trocar o gicle por nø tal, ou usar o filtro X, ou remapear o CDI assim. Sem querer encher muito o saco, voce ou algum companheiro leitor poderiam indicar quem na grande SÆo Paulo esta gabaritado a efetuar estas mudan‡as com conhecimento de causa?
Sergio Licinio
Santo Andr‚ – SÆo Paulo
S‚rgiÆo, vc nunca vai encontrar uma “receita” de veneno porque isso varia em cada preparador. Eu tenho meu estilo de veneno: mandar mais comida para o motor e trabalhar o volume da cƒmara de combustÆo. Vc ter  de procurar um preparador a¡ de Santo Andr‚, ou vir aqui pra SÆo Paulo com meu amigo Miguel Panad‚s (5686-2606).