honda-cb-250f-twister-2019-1

CB 250F Twister 2019 ganha novos freios e preço diminui

Tem novidades na street de 250 cilindradas mais vendida do País. A Honda CB 250F Twister 2019 recebeu melhorias em seu sistema de freios, passando a contar com uma versão CBS (freios combinados) no modelo de entrada (somada à ABS, já existente), para atender à legislação brasileira que exige a adoção de um dos dois sistemas para motos de até 300 cilindradas a partir de janeiro. Outra novidade está no preço (sugerido) da versão ABS, que diminuiu de R$ 15.640 para R$ 14.990,00. A CBS chega por R$ 13.990,00.

A Honda CB 250F Twister recebeu atualizações no modelo 2019, com destaque a versão com ABS. Agora há novas cores disponíveis e o preço baixou para R$ 14.990,00

A Honda CB 250F Twister recebeu atualizações no modelo 2019, com destaque a versão com ABS. Agora há novas cores disponíveis e o preço baixou para R$ 14.990,00

A CB 250F Twister 2019 também traz novos elementos estéticos, com a adoção de novas cores – destaque para a combinação com Laranja na versão ABS, com o tom predominando também nas rodas – e grafismos. O objetivo da nova identidade visual (inclusive com a adoção do ‘F’ no nome) é aproximar o modelo de entrada da família CB às irmãs maiores, CB 500F e CB 650F. Assim, a versão CBS está disponível em branco, prata ou vermelho, enquanto a ABS é encontrada em vermelho ou laranja. São mudanças sutis que buscam trazer novidades ao modelo sem mexer na receita que lidera as vendas do segmento e, claro, manter seu preço competitivo.

Novos grafismos aproximam a 250 de suas irmãs maiores, CB 500F e CB 650F. Outra novidade é a adoção de freios combinados (CBS) na versão de entrada

Novos grafismos aproximam a 250 de suas irmãs maiores, CB 500F e CB 650F. Outra novidade é a adoção de freios combinados (CBS) na versão de entrada

CB 250F Twister 2019

A versão 2019 do modelo chega com a missão de manter a Honda no topo de vendas e superar a má fama deixada pela antecessora, a polêmica CB 300R. Para tanto, mantém inalterado o motor monocilíndrico, bicombustível (FlexOne), arrefecido a ar, de 249,5 cm3, OHC (comando de válvulas simples no cabeçote) e alimentado pela injeção eletrônica PGM-Fi. O propulsor gera de 22,4 cv a 7.500 rpm de potência máxima e torque de 2,28 kgf.m, atingidos a 6.000 rpm (na gasolina, com etanol são 22,6 cv e 2,24 kgf.m, nas mesmas rotações).

O conjunto traseiro com lanterna e piscas em LED, o painel black-out e o sistema de suspensão com o amortecedor hidráulico traseiro envolvido por duas (e não apenas uma única) molas continuam lá, presentes tanto na versão 2019 quanto na anterior (relembre o teste do modelo). A Honda também espera que não haja alteração em sua aceitação no mercado, que fez dela o modelo nacional menos desvalorizado após um ano de uso em 2017 – ganhando o Prêmio Maior Valor de Revenda.

EMPLACAMENTOS – Street 250 cc

2015 2016 2017 2018 (parcial, até setembro) TOTAL
Honda CB Twister 3.342 (chegou em novembro) 24.598 22.665 20.689 71.294
Yamaha Fazer 250 16.172 10.891 10.840 10.868 48.771

 

separador_honda

 



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.