yamaha-mt-07_18

Saiba como funciona a logística da Yamaha no Brasil

Em janeiro de 2017 a Yamaha criou a Yamalog, uma empresa própria para coordenar suas operações logísticas nas vastas terras brasileiras. Passados dois anos, a organização se especializou no segmento, sendo responsável por atividades de armazenagem, faturamento e expedição dos produtos acabados da marca (motocicletas e itens náuticos), e também atende até mesmo outros clientes, como foco em oferecer um serviço eficaz a preços competitivos.

yamalog-logistica-yamaha-1

“Com base em toda sua experiência e dinamismo que a Yamalog continua trabalhando para ser reconhecida por sua capacidade de oferecer soluções inovadoras”, destaca a Yamaha, que projeta um crescimento de 26% para a empresa de logística no calendário de 2019. Os trabalhos são coordenados pelo diretor Eurydes Barcellos e a equipe de gestão é formada por quatro executivos.

Yamalog, responsável pela logística Yamaha

Eurydes Barcellos, diretor da Yamalog

Eurydes Barcellos, diretor da Yamalog

Ter sua planta produtiva no Norte do Brasil e precisar despachar produtos para um país continental enxugando custos está longe de ser uma exclusividade da Yamaha, mas é um desafio para todas as empresas instaladas no PIM (Polo Industrial de Manaus). As operações envolvem diferentes soluções para o transporte rodoviário e até hidroviário, numa complexa corrida contra o relógio. Veja a linha do tempo da Yamalog.

1 – Inicialmente, a Yamalog contava com matriz em Manaus e filial em Guarulhos (SP). Três meses depois passou a fazer o transporte outbound – responsável por escoar aproximadamente 12 mil produtos/mês, de Manaus com destino aos 11 CDP’s (cross docking point) distribuídos regionalmente pelo Brasil. Ao mesmo tempo, realizou também a logística reversa e o transporte inbound (com insumos que abastecem a produção). Para suportar esta operação – que possui trecho fluvial -, abriu uma filial em Belém (PA).

yamalog-logistica-yamaha-22 – Em junho de 2017, a Yamalog assumiu as atividades de armazenagem, faturamento e expedição de peças no CD de Guarulhos, “operação complexa que abastece todo Brasil e possui mais de 55 mil itens em estoque”, segundo a Yamaha.

3 – Nove meses depois, a empresa inaugurou mais uma filial, em São Paulo (SP). Com operação de transporte porta a porta a Yamalog é responsável em abastecer toda a rede de concessionárias da Yamaha com produtos acabados. São mais de 70 lojas em todo estado, passando a ter contato direto com o cliente final.

4 – Em maio de 2018, poucos meses após de iniciar as operações atendendo também outros clientes além da própria Yamaha, a Yamalog passou a realizar a distribuição de produtos Yamaha na região Norte, “uma malha logística complexa que exige a inclusão de embarcações para realização da operação na parte hidroviária”. Após, em setembro, a empresa conquistou as certificações ISO 9001 e ISO 14001.

separador_yamaha



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever