Balbi defende o título da MX1 para a Pro Tork

Balbi Jr. aposta em vitória na terceira etapa do Brasileiro de MX

Balbi defende o título da MX1 para a Pro Tork

Balbi defende o título da MX1 para a Pro Tork

Antonio Jorge Balbi Júnior aposta em vitória na terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que acontece neste fim de semana, dias 2 e 3, em Foz do Iguaçu (PR). Recuperado das lesões que sofreu no início da temporada e motivado com os últimos resultados, o piloto mineiro volta com força à disputa do título da categoria principal, a MX1.

“Não tive muita sorte no começo deste ano, primeiro sofri uma lesão no pulso esquerdo e depois outro trauma no ombro direito. Demorou muito para eu poder voltar ao meu ritmo de treinos. Agora estou 100% preparado para defender a taça que conquistei em 2011 e vejo nesta rodada uma excelente oportunidade de iniciar de verdade a briga pelo caneco”, explica.

Com 58 pontos e o sexto lugar na classificação, o atleta representa a Pro Tork 2B Kawasaki Racing. Para alcançar seu objetivo, Balbi promoveu mudanças em seu treinamento, deixando a resistência para investir em velocidade. O Motódromo na Prainha de Três Lagoas conta com uma pista rápida e vai de encontro ao novo ritmo de aprimoramentos do piloto.

“Na última temporada venci não só a MX1, mas também a MX2 lá em Foz do Iguaçu. Apesar de gostar mais de traçados técnicos, eu aprovo este circuito, que costuma ser bem tratado, formando várias canaletas. Estou focado em fazer o meu melhor e, se isto acontecer, sei que estarei no pelotão da frente”, garante.

Natural de Belo Horizonte, o atleta enfrentou a etapa brasileira do Mundial de Motocross, sendo o melhor piloto da casa em sua classe. Esta é apenas uma das diversas conquistas do competidor de 29 anos, que além de quatro títulos brasileiros, conta com diversas participações no Motocross das Nações e outras competições internacionais.

Além de Balbi Júnior, a Pro Tork 2B Kawasaki Racing conta ainda com Chumbinho e Gustavo Henn ainda conta com os pilotos Milton “Chumbinho” Becker,  catarinense que lidera a categoria MX3 e espera manter-se invicto na competição, e Gustavo Henn, que também é natural de Santa Catarina, na MX2, categoria na qual ocupa a nona colocação na tabela.