Vanessa_destaque_16_07

Comunicado oficial sobre o estado de saúde da piloto Vanessa Daya

Amigos e familiares da Piloto Vanessa Daya estão apreensivos com o estado de saúde da atleta, que sofreu grave acidente quando participava da 3ª etapa do Campeonato Capital de Motovelocidade, na tarde deste domingo (14/7), no Autódromo Internacional de Brasília.

Vanessa Daya se recupera do grave acidente sofrido no último domingo

Vanessa Daya se recupera do grave acidente sofrido no último domingo

O acidente de Vanessa ocorreu próximo à “Curva da Piscina”. Segundo informações do chefe de equipe da piloto, Wendel Vaz, o acidente foi grave porque, ao perder o controle, Vanessa foi ao chão e a moto capotou várias vezes, caindo em cima dela, quebrando o capacete e causando o trauma. Quem viu de perto o acidente foi o piloto Dani Mamola, também da equipe de Vanessa.

A piloto recebeu os primeiros socorros da equipe médica do campeonato e foi levada imediatamente ao Hospital de Base, onde foi prontamente atendida. Passou por cirurgia em que recebeu dois catéteres para estabilizar a pressão intracraniana e um para drenagem no tórax; ela apresentava edema cerebral e fratura na face.

O chefe da equipe médica do campeonato, Dr. Christiano Flores, acompanha de perto o caso de Vanessa e disponibiliza informações períodicas à Federação de Motociclismo do DF (FMDF) e Capital Racing, para divulgação nos meios de comunicação das duas entidades. “Estamos em contato direto com a equipe médica do hospital e a par de tudo que está sendo feito pela Vanessa. Ela esta recebendo todo o cuidado necessário ao seu estado, com uma excelente equipe médica”, ressaltou o presidente da FMDF, Carlos Senise.

Vanessa é um dos expoentes da motovelocidade e campeã brasiliense 2012.

VEJA O COMUNICADO OFICIAL NA ÍNTEGRA:

” Informamos que a equipe médica que cuida de Vanessa Daya fará mais um exame na piloto, conhecido como Ecodopler que será feito por um médico que não integra a equipe que está com ela no momento. Esse exame vai avaliar as funções neurológicas e somente após este procedimento é que o Hospital de Base definirá a real situação da paciente.

Solicitamos a todos que, por favor, aguardem informações oficiais e não percam as esperanças. A FMDF, Capital Racing e a equipe médica do campeonato, representada pelo Dr. Christiano Flores estão em contato direto com os médicos de Vanessa, e tão logo as notícias cheguem, serão imediatamente repassadas a todos.

Capital Racing ”

FMDF CONVOCA COMISSÃO PARA ANALISAR O ACIDENTE

Vanessa Daya, piloto e colaboradora do Portal Motonline

Vanessa Daya, piloto e colaboradora do Portal Motonline

O presidente da Federação de Motociclismo do DF (FMDF), Carlos Senise,  convocou uma comissão de especialistas em motovelocidade para analisar as condições do acidente da piloto Vanessa Daya, ocorrido domingo (14/7), no Autódromo Internacional de Brasília.

A comissão que começará os trabalhos na tarde desta terça-feira (17/7), vai analisar o estado de conservação da moto, os equipamentos de segurança pessoal da piloto e as condições da pista, no momento em que se deu o acidente.

A comissão é composta pelos especialistas:

Roberto Boettcher – Diretor Nacional de Motovelocidade da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM),
Jarbas Balbino – Comissário Técnico do Campeonato Brasileiro MOTO 1000 GP,
Gilson Romani – Vistoriador Desportivo da Federação Internacional de Motociclismo (FIM)
Gilson Romani Filho – Diretor de Prova do Campeonato Nacional de Motovelocidade SuperBike Series Brasil
Norton Masera – Piloto
William Pontes – Piloto
Luciano Conceição – da Associação de Motociclistas do DF.
Carlos Senise – Presidente da FMDF.

Ao final do trabalho a Comissão divulgará relatório com as considerações do caso.

NOTA DA REDAÇÃO

Além de piloto, Vanessa Daya é colaboradora deste veículo de comunicação, tendo participado inúmeras vezes com publicações sobre a motovelocidade em nosso país, meio que conhece muito devido à sua vida nas competições.

A equipe  do Portal Motonline está na torcida para que Vanessa saia dessa sem sequelas e volte rapidamente a brilhar nas pistas brasileiras e também a brindar os leitores do Motonline com suas ótimas matérias.



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.