Foto: “Casa da Honda” será a sede da segunda etapa da competição neste final de semana

Japão recebe as feras do Mundial de MotoGP

Foto: “Casa da Honda” será a sede da segunda etapa da competição neste final de semana

Foto: “Casa da Honda” será a sede da segunda etapa da competição neste final de semana

A etapa japonesa do Campeonato Mundial de MotoGP, antes realizada entre as fases finais da competição, chegou mais cedo em 2009.

Neste final de semana (25 e 26), a competição iniciada no Catar parte para a segunda etapa no circuito de Motegi, no Japão, após 11 dias da abertura. Iniciar a temporada com pouco espaço de tempo entre as provas tem exigido dos pilotos preparação tática, física e experiência. Com mais duas semanas de recuperação, após as cirurgias no antebraço e no joelho, Dani Pedrosa se sente mais preparado, ao lado do companheiro da equipe Repsol Honda, Andrea Dovizioso, quinto colocado.

Casey Stoner venceu o GP do Catar e ocupa a liderança com 25 pontos. O italiano Valentino Rossi segue em segundo com 20.

Em 2008, Pedrosa terminou o GP japonês com um pódio, porém, esta corrida será mais desafiadora. O espanhol continua a se recuperar das lesões e ainda não estará 100% preparado. Com a recuperação gradativa, está ansioso para correr no Japão. “Minha perna está melhor e o joelho já ganhou mais mobilidade. Minha prioridade é que eu possa chegar a plena aptidão para andar 100%. Também tenho que me concentrar na moto, já que não tive muito tempo de treino por conta da recuperação.”

Na primeira etapa, os pilotos Honda se saíram bem, com seis competidores pontuando. O melhor deles foi o italiano Andrea Dovizioso com o quinto lugar no pódio. “Sempre gostei desta pista”, disse Dovizioso. “Há muita partes travadas e ao mesmo tempo rápidas. Penso que com as características da nossa moto podemos ter uma boa corrida. Durante a primeira etapa, alguns problemas surgiram e tivemos tempo para analisá-los.”

Alex de Angelis, da equipe San Carlo Honda Gresini, ganhou força e experiência na corrida do Catar. Em 2008, a campanha do piloto de San Marino foi cheia de altos e baixos e terminar bem o GP do Japão seria a chance de mostrar que ele é capaz de resultados consistentes. “Não será uma corrida fácil. Se pudermos trabalhar bem, será possível obter um bom desempenho”, analisou.

Toni Elias volta para a pista onde ele marcou seu último pódio pela Honda em 2007. Depois da primeira etapa, Elias investiu em melhorias na moto e na preparação. Ele chega a Motegi ansioso para colocar tudo em prática. “Sempre gostei de Motegi. Temos de ser realistas e manter os nossos pés no chão, porque a situação em que estamos exige isso. Espero que possamos melhorar o desempenho do Catar”, afirmou o piloto.

Ra ndy de Puniet teve o melhor resultado de sua carreira em 2007 em Motegi, quando terminou com o segundo lugar, porém, no ano passado não alcançou o mesmo desempenho. Agora, em perfeita forma física, pretende fazer uma boa apresentação na etapa japonesa. “Eu gosto da pista e acho que ela é mais adequada ao meu estilo de pilotagem. Consegui meu primeiro pódio no Mundial aqui.”

Yuki Takahashi, da Scot Racing Team, torce por um bom resultado em casa. O piloto faz sua segunda corrida pela categoria principal do Mundial. Com um excelente conhecimento da pista, o japonês tem tido sucesso na corrida.

O japonês Yuki Takahashi corre em casa e espera fazer uma boa apresentação. “A corrida aqui para mim é muito importante. Espero que as condições meteorológicas sejam boas e não faça muito frio. No Catar, entendi várias coisas sobre a minha moto. Se adicio nar a isso o fato de que conheço muito bem a pista é possível entender porque estou confiante em fazer uma boa corrida”, disse.

Calendário MotoGP:
26/04 – Motegi – Japão
03/05 – Jerez – Espanha
17/05 – Le Mans – França
31/05 – Mugello – Itália
14/06 – Circuit de Cataluña – Catalunha
27/06 – Assen – Holanda
05/07 – Laguna Seca – Estados Unidos
19/07 – Sachsenring – Alemanha
26/07 – Donington Park – Inglaterra
16/08 – Automotodrom Brno – República Tcheca
30/08 – Indianápolis – Estados Unidos
06/09 – Misano – San Marino
20/09 – Balatonring – Hungria
04/10 – Estoril – Portugal
18/10 – Phillip Island – Austrália
25/10 – Sepang Circuit – Malásia
08/11 – Comunitat Valenciana – Valência