Foto: Ratinho, piloto da MX2 do Team Honda, est  invicto no Brasileiro de Motocross

MOTOCROSS – Team Honda defende liderança no Rio Grande do Sul

Foto: Ratinho, piloto da MX2 do Team Honda, est  invicto no Brasileiro de Motocross

Foto: Ratinho, piloto da MX2 do Team Honda, est invicto no Brasileiro de Motocross

O Team Honda acelera neste final de semana com o objetivo de manter a lideran‡a nas quatro categorias que disputa no Campeonato Brasileiro de Motocross.

A equipe est  confirmada na terceira etapa, que ser  realizada na pista de Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul. Os treinos livres e cronomet rados (que definem a prioridade no gate de largada) estÆo marcados para s bado e as corridas, para domingo, a partir das 8h.

Na etapa anterior, em Siqueira Campos (PR), Leandro Silva assumiu a lideran‡a da principal categoria, a MX1, com 45 pontos. J  na MX2, Marcello “Ratinho” est  invicto com 51 pontos. Os outros ponteiros do Team Honda sÆo Thales Vilardi (MXJr, 42 pontos) e C‚zar Zamboni (85cc, 41 pontos) – confira abaixo a classifica‡Æo completa dos pilotos da equipe.

Al‚m das baterias, os competidores estÆo de olho em um bom desempenho nos treinos cronometrados, nos quais o piloto mais r pido garante um ponto extra na disputa. “Qualquer pontinho faz toda a diferen‡a no final da temporada”, garantiu Leandro Silva.

Ele tem como advers rio o companheiro de equipe Wellington Garcia, atual campeÆo nacional da MX1 e da MX2. “Estamos com um ritmo parecido. Outro piloto que oferece grande perigo ‚ o JoÆo “Marronzinho”. O equil¡brio ‚ grande, portanto qualquer detalhe pode definir o resultado”, continuou o paranaense.

Ratinho, que machucou o p‚ na corrida da MX2 da segunda etapa, est  totalmente recuperado. “Gosto bastante de correr em Carlos Barbosa e sempre me dei bem l . Espero repetir este hist¢rico”, comentou o paulista. Thales Vilardi, que tamb‚m corre na MX1, quer continuar na ponta da categoria MXJr. “Estou bem confiante. A £ltima corrida mostrou que a briga est  acirrada. Na minha opiniÆo, o Anderson Cidade e o Gustavo Amaral sÆo dois pilotos que tˆm muito potencial para brigar pelo t¡tulo.”

Na 85cc, a briga ‚ caseira. Al‚m de Zamboni, Rodrigo “Lama” e Everaldo Filho, todos do Team Honda, seguem forte com o objetivo de levar a ta‡a. “Estou treinando bastante e quero ganhar em Carlos Barbosa. Gosto de competir naquela pista, que tem obst culos bem t‚cnicos. O que pode me atrapalhar ‚ o frio, porque estou mais acostumado a andar no calor”, concluiu Zamboni, natural de Ju¡na, no Mato Grosso.

Os outros pilotos que representam a equipe da Honda em Carlos Barbosa sÆo Dudu Lima (MX2), Jean Ramos (MX2 e MX1), Hector Assun‡Æo (MXJr) e Gustavo Takahashi (MXJr). As motocicletas utilizadas nas categorias MX2 e MXJr sÆo do modelo Honda CRF 250R. J  na 85cc, os pilotos aceleram com a Honda CRF 150RB. Na MX1, a m quina ‚ a Honda CRF 450R.

Classifica‡Æo do Campeonato Brasileiro ap¢s duas etapas:
MX1
1 – LEANDRO SILVA – HONDA CRF 450R – 45 PONTOS
2 – JOAO PAULINO DA SILVA JUNIOR “MARRONZINHO” – 42 PONTOS
3 – WELIN GTON GARCIA – HONDA CRF 450R – 37 PONTOS
4 – PIPO CASTRO – 20 PONTOS
5 РROOSEVELT ASSUNۂO Р19 PONTOS
6 – THALES VILARDI – HONDA CRF 450R – 19 PONTOS
11 – JEAN RAMOS – HONDA CRF 450R – 9 PONTOS

MX2
1 – MARCELLO “RATINHO” – HONDA CRF 250R – 51 PONTOS
2 – RODRIGO SELHORST – 31 PONTOS
3 – SWIAN ZANONI – 30 PONTOS
4 – JEAN RAMOS – HONDA CRF 250R – 23 PONTOS
5 – DOUGLAS PARISE – 21 PONTOS
8 – DUDU LIMA – HONDA CRF 250R – 17 PONTOS

85cc
1 – CEZAR ZAMBONI – HONDA CRF 150RB – 41 PONTOS
2 – RODRIGO “LAMA” – HONDA CRF 150RB – 39 PONTOS
3 – EVERALDO FILHO – HONDA CRF 150RB – 31 PONTOS
4 – ENDREWS ARMSTRONG – 29 PONTOS
5 – EDUARDO RUDNICK – 2 3 PONTOS

MXJr
1 – THALES VILARDI – HONDA CRF 250R – 42 PONTOS
2 – ANDERSON CIDADE – 36 PONTOS
3 – GUSTAVO AMARAL – 33 PONTOS
4 – HECTOR ASSUN€AO – HONDA CRF 250R – 31 PONTOS
5 – KAIAN TEIXEIRA – 24 PONTOS
8 – GUSTAVO TAKAHASHI – HONDA CRF 250R – 15 PONTOS