SH 300i: fim do sossego para o Citycom 300i da Dafra

Salão Duas Rodas mostra mais qualidade no setor

Quando o Pavilhão de Exposições do Anhembi abrir amanhã (7) para o Salão Duas Rodas 2015, os visitantes não poderão reclamar que faltam novidades. Ao contrário das últimas edições do Salão Duas Rodas, há lançamentos de motocicletas de todas as marcas e de todos os portes para todos os gostos. Realmente, um Salão Duas Rodas menor em tamanho, mas com mais qualidade e maior quantidade.

“Apesar da crise” foi a expressão mais usada pelos executivos das empresas para demonstrarem que a crença de que é no momento difícil que se realizam os investimentos para crescer quando a situação melhorar é um mantra recitado à exaustão no Salão Duas Rodas em 2015. Ocupando parte do pavilhão do Anhembi e com menos expositores, o volume de novidades prova que há confiança no futuro do mercado de motocicletas no Brasil.

Assim, se você, como nós, gosta de motos e de tudo que está em torno delas, deve visitar o Salão Duas Rodas. Mas se não puder, acompanhe aqui no Motonline as principais novidades e as reportagens detalhadas de cada uma delas. A seguir, uma amostra das novidades que estão na maior vitrine da América Latina voltada para o mundo da motocicleta e do motociclista.

Triumph

Tiger XCa: mais uma versão da mesma moto

Tiger XCa: mais uma versão da mesma moto

A marca inglesa trouxe ao Salão Duas Rodas apresentando pela primeira vez no Brasil mais duas novidades: a top de linha Tiger 800XCa e a Tiger 800XRx low seat (50 milímetros mais baixa do que a versão XRx). A nova Tiger 800XCa, que começa a ser montada em Manaus neste mês e chegará às lojas em novembro, com preço sugerido de R$ 51.500,00, é a versão mais sofisticada da linha Tiger 800. A moto oferece um pacote de equipamentos de conveniência, além de todos os recursos disponíveis nas demais motos da linha, a nova Tiger 800XCa vem de fábrica com assentos do piloto e do passageiro aquecidos e manoplas com sistema de aquecimento, entre outras novidades.

Harley-Davidson

Moto elétrica da Harley-Davidson, o projeto LiveWire

Moto elétrica da Harley-Davidson, o projeto LiveWire

Além das já conhecidas novidades na família Sportster, já exibidas aqui no Motonline, a Harley-Davidson traz como destaque do seu estande o projeto LiveWire, primeira moto elétrica da marca norte-americana. Além disso, apresenta novidades com novas motorizações em modelos da família Softail, que ganham o motor Twin Cam 103 de 1700 cc (103 polegadas cúbicas), totalmente novo no Brasil e o acelerador eletrônico drive by wire.

Yamaha

Tracer: receita de sucesso

Tracer: receita de sucesso

A Yamaha demonstra a importância do Brasil nos planos da montadora e com a presença de seu presidente mundial, Hiroyuki Yanagi, anunciou oficialmente o principal lançamento da marca, Yamaha Factor 150  (Motonline já fez o test ride dela), esperança da marca para abocanhar pedaços maiores da fatia mais disputada do mercado. Outro lançamento é a Tracer, versão mais aventureira da naked MT-09, já à venda no Brasil. A marca dos diapasões faz 60 anos da fabricação de sua primeira moto e para comemorar, dá destaque à nova R1, a menina dos olhos da marca, embalada pelo sucesso de Valentino Rossi e Jorge Lorenzo no Mundial de MotoGP, além da Super Ténéré 1200 com o mítico design “speedblock” em amarelo e preto.

R1 e Super-Ténéré, dois emblemas que comemoram os 60 anos da marca

R1 e Super-Ténéré, dois emblemas que comemoram os 60 anos da marca

Traxx 

No estande da Traxx o destaque fica por conta da apresentação oficial da Fly 250 e a TSS 250, motos que são consideradas como um marco da evolução da marca no mercado brasileiro. Apesar de não serem novidades – a Fly 250 Motonline já avaliou e a TSS 250 em breve terá sua avaliação publicada – , o executivo da empresa, Zoghby Koury, falou de uma reformulação completa em direção aos mercados do Sudeste e Sul do País com estes dois modelos, o que já começa a aparecer, pois a Traxx é uma das únicas marcas que apresenta crescimento em 2015.

Koury e a Traxx TSS 250: expansão em novos mercados

Koury e a Traxx TSS 250: expansão em novos mercados

Honda

CB Twister: para recuperar o espaço perdido com a CB 300

CB Twister: para recuperar o espaço perdido com a CB 300

A Honda mostra dois novos produtos, mas que prometem grande repercussão. O primeiro é a CB Twister, uma street de 250cc – já testada pelo Motonline – que já está nas concessionárias ao preço de R$13.050,00. O segundo é o scooter  SH 300i, sucesso na Europa, com mais de 1 milhão de unidades vendidas, que chegará apenas no primeiro semestre de 2016, mas que já está tirando o sono da Dafra que estava só no segmento com seu Citycom 300i. A marca líder confirma a chegada da CRF 1000L Africa Twin para o ano que vem e anuncia oficialmente o fim da CB 300 e da CBR 250.

SH 300i: fim do sossego para o Citycom 300i da Dafra

SH 300i: fim do sossego para o Citycom 300i da Dafra

Dafra

Horizon 150: pequena custom de volta

Horizon 150: pequena custom de volta

No mesmo caminho da Honda, a Dafra apresenta duas novas motos em seu estande, além de anunciar o reforço de sua parceria com a SYM, marca taiwanesa que fornece os modelos Next 250, Citycom 300i e Maxsym 400i, e com a KTM, com o lançamento das Duke 390 e 200. As duas novidades são a Horizon 150, uma custom pequena com preço de R$7.990,00, e o scooter retrô Fiddle III, também da SYM, com motor 125 e que só chegará em fevereiro de 2016. O executivo da Dafra, Creso Franco, enfatiza sua crença de que o mercado nacional de scooters deve atingir 15% de participação no mix de vendas de motocicletas no prazo de 5 anos e por isso a Dafra reforça sua linha de scooters, antecipando que ainda há mais modelos a serem lançados no ano que vem.

Fiddle III: Retrô e com nome esquisito

Fiddle III: Retrô e com nome esquisito

BMW

S 1000 XR: nacionalizada, mas com preço alto

S 1000 XR: nacionalizada, mas com preço alto

A BMW Motorrad reservou ao Salão Duas Rodas um evento mundial da marca, a apresentação em primeira mão da moto conceito G 310 Stunt, indicando que a marca da Baviera já tem prontos planos para lançar no primeiro semestre de 2016 ao menos uma motocicleta com motorização entre 250 cc e 500 cc. Além disso, a BMW confirmou a chegada ao mercado brasileiro de seu lançamento mundial, a BMW S 1000 XR por R$68.900,00, que passa a ser montada em Manaus junto com o restante da linha BMW.

G 310 Stunt: a moto conceito derivada de uma naked de pequena cilindrada

G 310 Stunt: a moto conceito derivada de uma naked de pequena cilindrada

Ducati

Labate anuncia as novidades: Scrambler, 1299 Panigale e Multistrada

Labate anuncia as novidades: Scrambler, 1299 Panigale e Multistrada

O novo diretor geral da Ducati no Brasil, Antonino Labate, em um português “macarrônico” anunciou as três novidades da Ducati. A Scrambler em 4 versões – Iron (já montada no Brasil e com preço de R$36.900,00), Enduro, Full Trotlle e Classic -, a nova bigtrail de aventura Multistrada 1200 e a superesportiva 1299 Panigale, um bólido de 205 cv de potência e apenas 179 kg de peso. O executivo anunciou a abertura de mais duas novas lojas da marca em Brasília (DF) e Goiânia (GO), além da loja nova de São Paulo (SP) e outra em Florianópolis (SC).

Indian

Vários modelos para pouca quantidade: carro chefe deve ser a Scoutt, acima à direita

Vários modelos para pouca quantidade: carro chefe deve ser a Scoutt, acima à direita

A estreante Indian, confirmou seu anúncio anterior sobre seus cinco modelos para a estréia no mercado brasileiro e as mostra no Salão Duas Rodas. São elas: Scoutt por R$49.990,00 e que deve representar 50% do mix da marca, a Chief Classic por R$79.990,00, a Chief Vintage por R$89.990,00, a Roadmaster e a Chieftain, estas duas últimas ainda sem preço e que só chegarão no primeiro trimestre de 2016. A Indian anunciou seus (modestos) planos para 2016: vender 800 motos no total em 4 lojas que serão inauguradas ainda em 2015 nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Florianópolis (SC).

Separador_motos



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.