Vitória clara para Pedrosa em Indianápolis

Vitória clara para Pedrosa em Indianápolis

Vitória clara para Pedrosa em Indianápolis

O piloto da Repsol Honda assegurou a terceira vitória da época com o primeiro triunfo da carreira na Classe Rainha no Red Bull Indianapolis Grand Prix, no domingo, com o homem da pole e piloto caseiro Ben Spies a garantir o seu melhor resultado em MotoGP com o segundo posto. O líder do Campeonato Jorge Lorenzo completou o pódio.

Dani Pedrosa diminuiu a diferença para o líder do Campeonato, Jorge Lorenzo, para 68 pontos, quando ainda faltam sete rondas para o final da temporada de 2010, graças à vitória no Red Bull Indianapolis Grand Prix, no domingo. Foi o terceiro triunfo do piloto da Repsol Honda nesta época e a primeira vez que alcançou três vitória numa temporada da Classe Rainha.

A partir da segunda linha da grelha, Pedrosa encontrou cedo o ritmo e ao garantir o melhor tempo da segunda volta conseguiu subir para o segundo posto, fixando a partir daí a atenção no homem da pole, Ben Spies. No final da sétima volta, o espanhol ultrapassou o rookie na recta da meta, nunca mais largando a frente da corrida e acabando por terminar a corrida com uma vantagem de 3.575s para Spies.

Para o piloto da Monster Yamaha Tech 3 o segundo posto foi o melhor resultado alcançado até agora e o segundo pódio daquela que está a ser uma fantástica época de estreia. Spies partiu da pole – pela primeira vez desde que chegou ao MotoGP – e a corrida acabou por ser o culminar de um grande fim-de-semana, durante o qual foi também confirmado como piloto da formação de fábrica da Yamaha em 2011.

Vitória clara para Pedrosa em IndianápolisO líder do Campeonato, Jorge Lorenzo, completou o pódio, depois que partir da segunda linha da grelha e cair para a quinta posição no início da corrida. A perda de posições no início afectou a sua concentração, mas lutou para passar Andrea Dovizioso e ainda antes do meio da corrida já estava na posição onde acabou por terminar a corrida. O espanhol ficou a apenas três segundos de Spies, mas acabou por quebrar o recorde que mantinha de ter terminado todas as corridas da temporada entre os dois primeiros do pódio..

O complicado fim-de-semana de Valentino Rossi (Fiat Yamaha) terminou com o Campeão do Mundo a garantir a quarta posição, depois de vencer a luta entre italianos com o piloto da Repsol Honda Dovizioso, que ficou com o quinto posto. Nicky Hayden foi sexto, depois de ter partido da linha da frente pela primeira vez desde que chegou à Ducati.

Os rookies Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini) e Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) impressionaram ao assegurar a sétima e oitava posições, respectivamente, com Aleix Espargaró (Pramac Racing) e Héctor Barberá (Páginas Amarillas Aspar) a completarem o Top 10. Loris Capirossi, Hiroshi Aoyama – no seu regresso depois de uma lesão – e Randy de Puniet foram os últimos três pilotos a completar a corrida.

Marco Melandri não conseguiu acabar a corrida onde comemorava a participação em 200 Grandes Prémios. Casey Stoner também desistiu depois de perder a frente da sua Ducati Desmosedici GP10 (na volta oito). Colin Edwards foi também forçado a desistir com problemas nos pneus (na volta 17) e Mika Kallio caiu na volta dez.

Lorenzo ficou agora com 251 pontos, com Pedrosa em segundo com 183. Dovizioso é terceiro com 126, Stoner está na quarta posição com menos sete pontos. Rossi permanece quinto, enquanto Spies subiu para sexto.